19/08/2021

MAUÁ DA SERRA - Secretário Sandro anuncia mudança de local de Praça de Pedágio

Sandro Alex, Secretário de Infraestrutura do Paraná, além do Novo Pedágio, anunciou mais obras em Mauá da Serra e vistoriou as que estão em andamento   
No link de vídeo, ouça matéria completa pela Rádio Nova Era 
O prefeito Hermes Wichttof do Município de Mauá da Serra, que revelou credibilidade e muita proximidade com a gestão Ratinho Junior, comemorou, neste dia 19 de agosto, de 2021, a ilustre visita que recebeu, do Secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, que veio ao município, em nome do Governado, para
fazer alguns anúncios e também confirmar novos investimentos. Em entrevista, a Rádio Nova Era, ao repórter Sérgio Oliveira, o prefeito disse que, além dos investimentos que já são conhecidos, que são referentes a duplicação da BR-376 no perímetro urbano da cidade, uma grande notícia foi revelada pelo secretário, ou seja, que, no novo modelo de concessão das rodovias, a nova Praça de Pedágio, projetada na região de Marilândia do Sul, caminho para Apucarana, não será mais edificada neste local, e sim, na início da Serra do Cadeado, entre Mauá e Ortigueira, onde, no final da serra, já existe uma Praça. "Conversamos também sobre a obra do trevo de acesso a Mauá da Serra, saída para Marilândia, que uma empresa já está trabalhando há 15 dias no local e ainda sobre a passarela, por sobre a duplicação, no perímetro urbano, que deve ser entregue até o dia 15 de outubro. Tem ainda um campo de futebol, que é uma conquista assegurada pelo Alex, e será uma realidade. Tem ainda mais dois milhões em pavimentação, na região da escola Maria Baueb Jamus localizada, na região do Cidraque Pereira", disse o prefeito.  Já o Secretário, afirmou que sua visita era par vistoriar obras, alguns que serão concluídas até novembro e, ao mesmo tempo, falar de novos projetos. Em sua entrevista, ele destacou a questão do novo Modelo de Concessões e disse que muitos prometeram um pedágio justo e mais barato, mas não cumpriram. Já Ratinho, está realizado um projeto modelo para o resto do Brasil, onde a concessionária faz as obras e depois cobra a tarifa cheia. Também com leilão de menor preço na bolsa e sem nenhum tipo de arrecadação para o governo, fazendo com que tudo seja investido em prol do usuário das rodovias. Ele também confirmou que a Praça entre Mauá e Apucarana, vai mudar de local, porque o objetivo não é prejudicar pequenos trechos onde pessoas de municípios passam todo dia, e sim, locais de tráfego mais longo.  Comentou ainda que motociclistas não vão pagar pedágio e tem outras benefícios que faram, do pedágio do Paraná, algo que seja muito bom para o cidadão. Entre Mauá da Serra e Londrina, ele também confirmou que a Praça deve ser edificada no trecho Mauá a Tamarana, para não prejudicar aqueles que moram perto de Londrina e precisam ir a cidade rotineiramente.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA