Páginas


20/12/2022

Policiais Militares de Londrina são alvos de operação do Gaeco e PM

 O Ministério Público do Paraná, por meio do núcleo de Londrina, no Norte Central do estado, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), e a Corregedoria-Geral da Polícia Militar cumpriram nesta terça-feira, 21 de dezembro, três mandados de busca e apreensão expedidos pela Vara da Auditoria da Justiça Militar. A ação apoia investigação instaurada para apurar possível crime de concussão cometido por policiais militares do Pelotão das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) do 30º Batalhão da PM que, em 2021, teriam exigido a entrega de R$ 10 mil em dinheiro e arma de fogo para não realizarem a prisão em flagrante de um traficante de drogas de Londrina. Os mandados foram cumpridos nas residências dos policiais envolvidos e nas dependências do Pelotão da Rotam do 30º BPM, em Londrina. Foram encontrados na sede da Rotam várias armas e munições sem procedência ou origem, drogas diversas e objetos para preparo dessas drogas para comercialização.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...