terça-feira, 31 de maio de 2011

Assassinato em CRUZMALTINA –

Jovem de Faxinal é encontrado morto depois de ser assassinado com tiros na cabeça na localidade de Primavera em Cruzmaltina, o assassino foi preso horas depois
CLICK PARA OUVIR A FALA DO DELEGADO DR ANTONIO SILVIO CARDOSO A RÁDIO NOVA ERA
Polícia Civil, através do delegado Dr. Antonio Silvio Cardoso, responsável pela Delegacia de Faxinal, conseguiu prender ainda na segunda-feira, 30 de maio, o autor confesso do assassinato de um jovem de 19 anos. Ele foi encontrado morto na localidade de Primavera, em Cruzmaltina, no Sítio Bandeirantes. A vítima é ADEMIR ALVES VALÉRIO, de 19 anos, mais conhecido como “AMENDOIM” e era morador de Faxinal, mas parava sempre nesta casa, na zona rural de Cruzmaltina, onde montou uma estufa de tomates. A vítima foi encontrada caída no quarto com um ferimento na cabeça. “Tomamos as medidas cabíveis encaminhando o corpo para o IML para saber a causa morte, mas antes do resultado, trouxemos para a delegacia dois rapazes que foram vistos saindo da casa, eles são funcionários de uma madeireira e negaram o crime, mas tarde eles ajudaram pois sabiam quem tinha praticado o crime e o motivo” Disse o Delegado Dr. Antonio Silvio Cardoso, a Rádio Nova Era. Por volta das 16 horas desta segunda-feira, um jovem, que foi o acusado: BRUNO BATISTA DOS SANTOS MOURA, de 23 anos, foi preso e confessou o crime. “Após confirmação do IML de que a morte da vítima foi por disparo de arma de fogo, o rapaz detido confessou o assassinato, e sua amásia também confirmou de que ele havia realizado o disparo e informou ainda o local onde estava o Revolver Cal. 38, escondido no forro da cozinha de sua residência” Informou a Polícia Militar. O preso foi levado para a delegacia de Faxinal. Segundo o Delegado Dr. Silvio Cardoso, e o investigador Pereira, no momento em que a Polícia chegou no local do crime, o assassino estava na casa e começou a contar uma história estranha. Então ele foi levado para a DP, e acabou sendo apontado como autor. “Ele e a vítima, foram na festa de São Domingos, que acontecia no domingo, e depois voltaram na casa para buscar roupas, como estavam bêbados, começaram uma briga sem motivos, foi quando ADEMIR disse que iria contar para a Polícia que Bruno andava armado, Bruno então pegou a arma e disparou contra cabeça do jovem” Disse o investigador Pereira. Como o crime foi praticado por motivo fútil, o preso pode pegar de 12 a 30 anos de cadeia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA