sábado, 25 de janeiro de 2014

Reclamação - BORRAZÓPOLIS:

   Agricultor que tem filho deficiente se diz injustiçado. A estrada que da  acesso a propriedade dele está abandonada e quando cobra melhorias ainda é desacatado pelos gestores municipais 

Vereador "Carlão do Florisvaldo" ao lado do agricultor Benedito
As imagens são da estrada que da acesso a propriedade do senhor Benedito Custódio, que reside a um quilômetro da Rodovia, na saída para Faxinal, bem próximo a cidade de Borrazópolis. Ele diz não entender o porque a sua estrada rural até hoje não recebeu melhorias. Nossa equipe de reportagem esteve no local acompanhando uma visita feita na propriedade pelo Vereador "Carlão do Florisvaldo". O produtor pediu apoio da Câmara de Vereadores, e disse que não sabe mais a quem recorrer. No período eleitoral, ele já estava com a estrada em péssimas condições, e recebeu a promessa do atual prefeito Adilson Luchetti o "Didi" e seu vice Joel Gralak, que a via seria consertada. Mas desde o início do mandato vem implorando a obra e o serviço não foi feito. Muitas vezes o agricultor ainda é tratado com ironia e truculência. Benedito é pai do "Carlão", um jovem querido por toda cidade, aluno da APAE e portador de uma deficiência que o faz se locomover com muita dificuldade. Segundo ele, para subir da estrada a pé ou de carro, é muito difícil. "Ouvimos aqui do seu Benedito que ele perdeu até a produção que colheu na horta e na roça, e isso é inadmissível, principalmente por ser um pequeno trecho de estrada e por ficar quase dentro da cidade, próximo a Rodovia. Acho que quem fez compromisso de apoiar o homem do campo, não deveria agir com tanto descaso. O pior é que existe muitos produtores que estão nesta situação", disse o Vereador Carlão. O produtor rural ainda afirmou que sua preocupação agora é com a soja, porque não tem como descer a colheitadeira na Estrada. "Até quando eu faço compra nos mercados da cidade, os comerciantes se recusam a trazer as mercadorias porque os veículos não conseguem descer lá", disse o agricultor.   Nas imagens é possível visualizar a situação intransitável da estrada rural.




ROLAGEM INFINITA