quinta-feira, 26 de julho de 2018

MANDAGUARI - POLÊMICA RELIGIOSA

Após polêmica, prefeitura diz que decreto não proíbe cultos e missas de manhã ou à tarde, apenas regulamenta horário noturno
            Repercutiu na redes sociais e em alguns sites, como o Correio de Notícias, a informação que o prefeito de Mandaguari estava baixando um decreto proibindo cultos religiosos e missas no período da manhã e tarde. As informações davam conta de que o horário para celebrações religiosas devem ocorrer em dias úteis. Domingos e feriados, somente das 19h às 22h. Já em dias de celebrações especiais das 19h às 24h.  Apesar da determinação ser clara, nossa reportagem, Blog do Berimbau e Rádio Nova Era, solicitou mais informações do poder público municipal, o qual divulgou a seguinte nota: "O Decreto nº 296/2018, da Prefeitura do Município de Mandaguari, não está proibindo as missas e cultos no período da manhã ou mesmo no período da tarde, como se noticiou. O documento está apenas, de acordo com as leis citadas, regulamentando o horário noturno das celebrações. Tanto que em nenhum parágrafo está escrito algo sobre proibição de outros horários", diz trecho da nota. O prefeito Romualdo Batista ainda declarou: “Todas as igrejas continuam livres para realizar seus cultos e missas. Acrescentando a comunidade sabe das minhas origens e do trabalho dentro da igreja e que jamais seria capaz de promover tal proibição”. Já em ralação a um possível pedido da primeira-dama e Secretária de Governo Vâine Miriam Michelan Batista sobre a tal proibição, esse fato também não existiu, afirmou a assessoria. "Vale ressaltar que o Estado é laico, porque um país ou nação tem uma posição neutra no campo religioso. Também conhecido como Estado secular. O Estado e o poder público laico tem como princípio a imparcialidade em assuntos religiosos, não apoiando ou discriminando nenhuma religião", finalizou o prefeito. O assunto ainda prometer gerar muita polêmica.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.