quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

FAXINAL - Supostos integrantes do PCC são detidos com metralhadora

A Polícia Militar informou que havia informações de retaliações contra soldados por conta do confronto que resultou na morte do conhecido "Cambui" 

No link de vídeo, veja matéria completa e a fala do Soldado Magioni, da Polícia Militar, de Faxinal 
Na madrugada, de 16 de fevereiro, de 2019, aconteceu,  em Faxinal, um confronto  da PM com indivíduos que estavam participando de uma Festa no Bairro J. K. Naquele dia, morreu Marcio Henrique Cambui Monteiro, que se intitulava integrante da facção criminosa PCC -clique aqui - para rever a matéria. Após este ocorrido, o clima ficou tenso por conta de informações extraoficiais de que meliantes estavam preparando uma retaliação contra soldados da PM.  No dia 19 de fevereiro, de 2019, às 21h00min, a equipe do Destacamento Policial, estava em patrulhamento pela Rua Ana Neri, quando visualizou um VW Gol, de cor vermelha e placa AHH 5931, nele, foi reconhecido um jovem que havia ameaçado de morte policiais que estavam na ocorrência no dia 16/02. Imediatamente o veículo foi parado e solicitado aos dois ocupantes que desembarcassem; também foi solicitado  apoio da ROTAM. "E de conhecido das equipes, através de várias denúncias que meliantes do PCC iriam se deslocar para a cidade de Faxinal com intuito de matar um dos policiais, para igualar a perda. Durante a busca veicular, foi localizada uma mochila, uma Submetralhadora, da marca Keltel, calibre 9mm, e um Pistolgrip com laser e lanterna acoplados, além de um colete balístico, 04 invólucros de crack, de 72 gramas, dinheiro, uma faca, uma chave micha e um canivete", informou o boletim da PM. Indagado os ocupantes do carro, sobre a procedência dos objetos, eles não souberam informar. Em seguida, os policiais foram a residência em que os ocupantes estavam homiziando, situada na Rua 14, no Núcleo Habitacional Novo Faxinal. No local, foi apreendida uma TV de 46 polegadas, um cano PVC fechado em ambos os lados, além de vários pinos utilizados para fracionar e embalar droga. Foi indagado o conhecido "Binho", que era um dos abordados e também estava no dia do confronto, sobre onde estariam os demais envolvidos. Ele informou que eles se encontravam em um casa no Bairro JK. Ao chegar no local, foram abordados os moradores, sendo que durante a tentativa de abordagem, um homem investiu contra a equipe, mas foi contido, reação que resultou em ferimentos no seu supercílio. Os soldados tomaram conhecimento que um dos ocupantes da residência, conseguiu fugir. Enquanto os abordados, quatro acusados,  eram conduzidos a delegacia, entre eles: Jones Ribeiro Proença da Silva; Fabiano Ferreira Maia Amâncio; Eloir Maia dos Santos e Edmar Rozendo de Sena;  chegaram informações, no celular da viatura, que um Ford Ka, de cor preta, havia passado em frente da casa de um Policial Militar, que reside em Faxinal, cujo carro estava ocupado por dois suspeitos portando arma longa. Foi solicitado reforço e fechado o cerco na cidade, com apoio inclusive do 10º Batalhão, mas ninguém foi preso e nem o carro, em questão, foi encontrado. O comando da 6ª Companhia Independente, de Ivaiporã, ao qual Faxinal e subordinado, continua em alerta e monitorando possíveis movimentações de suspeitos. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA