29/06/2020

COVID - Paraná chega a 600 mortes por coronavírus

         A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta segunda-feira (29) 573 novas confirmações e mais 14 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná soma 21.089 casos e 600 mortos em decorrência da doença. No boletim de hoje há dois ajustes de municípios de residência em casos já confirmados.    INTERNADOS – De acordo com o informr desta segunda, 820 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados – 665 ocupam leitos SUS (239 em UTI e 426 em leitos clínicos/enfermaria) e 155 em leitos da rede particular (58 em UTI e 97 em leitos clínicos/enfermaria).   Há outros 755 pacientes internados, 393 em leitos UTI e 362 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.   ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 14 pacientes. Todos estavam internados. São cinco mulheres e nove homens, com idades que variam de 33 a 90 anos. Os óbitos ocorreram entre 23 e 29 de junho.  Os pacientes que faleceram residiam em Curitiba (5); Foz do Iguaçu (2); e uma morte foi registrada nos municípios de Cascavel, Itaguajé, Mandaguaçu, Maringá, Paranaguá, Presidente Castelo Branco e Sarandi.   MUNICÍPIOS – No Paraná, 350 cidades têm ao menos um caso confirmado de Covid-19. Tapira e Nova Esperança do Sudoeste registraram casos pela primeira vez. Em 135 municípios há óbitos pela doença.   FORA DO PARANÁ – Segundo o monitoramento da secretaria, são 237 casos de pessoas que não moram no Estado. Destas, 13 foram a óbito.  AJUSTES:  - Dois casos confirmados em 25 e 26 de junho em Pinhais foram transferidos para Piraquara.  - Um caso confirmado em 23 de junho em Maringá foi transferido para Sarandi.  Confira o informe completo. A Secretaria de Estado da Saúde reforça que os municípios têm critérios diferentes de confirmação de casos e, por isso, pode ocorrer divergência de número de pacientes. A pasta informa, ainda, que os dados são consolidados na gestão estadual, mas os municípios encaminham as informações para as regionais que repassam para o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde do Paraná (Cievs), na Sesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA