sexta-feira, 31 de julho de 2020

COVID - Boletim Paraná revela mais 59 óbitos de pessoas infectadas

        A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta sexta-feira (31) 2.605 novas confirmações e 59 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. É o maior registro de casos confirmados entre um informe e outro. O Paraná acumula 75.300 infectados e 1.899 mortos em decorrência da doença. Há ajustes nos casos confirmados detalhados ao final do texto. INTERNADOS – 1.273 pacientes com diagnóstico confirmado estão internados hoje (sexta-feira). 984 pacientes estão em leitos SUS (430 em UTI e 554 em leitos clínicos/enfermaria) e 289 em leitos da rede particular (110 em UTI e 179 em leitos clínicos/enfermaria). Há outros 940 pacientes internados, 441 em leitos UTI e 499 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos. MORTES – A secretaria confirma a morte de 59 pacientes. Todos estavam internados. São 26 mulheres e 33 homens, com idades que variam de 25 a 95 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 7 de junho a 31 de julho. Residiam em Curitiba (27), Cascavel (3), Pinhais (3), Maringá (2), Piraquara (2), São José dos Pinhais (2), Sengés (2), além de um óbito em cada um dos seguintes municípios: Arapongas, Araucária, Astorga, Campo Largo, Colombo, Fazenda Rio Grande, Irati, Londrina, Mandirituba, Matelândia, Ourizona, Paranaguá, Ponta Grossa, Prado Ferreira, Quitandinha, Rio Branco do Sul, Rolândia e União da Vitória. FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Secretaria registra 812 casos de residentes de fora. 21 pessoas morreram. Confira o informe completo clicando aqui. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA