sexta-feira, 31 de julho de 2020

JANDAIA - Suspeitos de tráfico são detidos em um veículo táxi

Mulher dirigia  um Cruze táxi e negou envolvimento com o tráfico. Em uma segunda ocorrência,  um menor também foi apreendido acusado de vender droga 
      Em Jandaia do Sul, a mulher de uma taxista foi abordada em uma situação de tráfico de drogas. No dia 30 de julho, de 2020, às 20h30min, na Rua Professora Zilda Cruz de Almeida, no Jardim Esmeralda, a equipe, em patrulhamento, avistou um Táxi Cruze, de cor branca, estacionado com três indivíduos em seu interior. Havia uma mulher, como condutora. Ela disse que é esposa  do taxista e que ele recebeu chamado para uma corrida, por isso, solicitou que ela fizesse. Na busca pessoal, foi localizada uma porção de maconha no bolso traseiro do primeiro passageiro e R$ 22,00 em notas trocadas. Com o segundo, havia R$ 31,00, também em cédulas trocadas. Nada de ilícito foi localizado com a mulher, mas na busca veicular, havia mais duas grandes porções de maconha embaixo do banco do passageiro da frente, totalizando 40,5 gramas. O local é muito frequentado por usuários e traficantes de drogas e recebe frequentemente denúncias de comercialização de entorpecentes. Questionados sobre a droga e o dinheiro, os suspeitos permaneceram em silêncio. Eles disseram que estavam indo para a casa de uma pessoa que tem passagens por tráfico, disparo de arma e ameaça. A taxista foi orientada e liberada no local. Já, aos dois masculinos, foi dada voz de prisão e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil. Todos estão sendo investigados. OUTRO CASO - Ainda, em Jandaia, no dia 30 de julho, um menor, de 14 anos, foi detido por tráfico na Rua João Batista Mortean. A denúncia informava que ele havia chegado em casa com droga para comercializar, o qual é conhecido no meio policial. A PM foi ao local,  fez varredura na casa e localizaram duas porções de maconha embaladas e prontas para comércio, que estavam dentro de uma tomada de energia. No quarto do menor, havia quatro pedras de crack, pesando 18.7 gramas; 72 gramas de maconha, e R$ 57,50. O adolescente foi levado para a Delegacia e também foi apreendida uma bicicleta, a qual estava na casa, ele não soube explicar a origem e sua avó disse que não era dele. O suspeito confessou que buscou droga em Apucarana para vender. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA