31/07/2020

IVAIPORÃ - Tráfico e um caso de droga para consumo pessoal

              No dia 30 de julho, às 20h30min, na Rua Ederaldo R. Zurlo, a equipe ROTAM, reforçou o patrulhamento no endereço, devido a várias denúncias de tráfico de drogas na residência onde mora um casal. Foram visualizadas duas pessoas indo em direção a casa denunciada, sendo um homem e uma mulher. A feminina entrou na casa e o masculino ficou nas proximidades. Quando eles saíram, foram abordados. Na não da referida mulher havia uma pedra de crack com peso de 0,010 grama. Questionados, afirmaram que compraram por dez reais. Antes da ROTAM chegar a casa dos suspeitos de terem vendido, um irmão do morador percebeu a movimentação e correu avisar seu familiar. No imóvel foi encontrado, no chão, próximo ao armário, uma pedra pequena de crack, com peso aproximado de 0,005 grama. Também foram encontrados R$34,00 reais em cédulas diversas. Outro detalhe, foi a apreensão de um pássaro silvestre "trinca ferro", sem a devida documentação. No mesmo local, já houve outro flagrante de tráfico de droga. DROGA PARA CONSUMO - Ainda, em Ivaiporã, no dia 30 de julho, às 10h25min, na Avenida Estevam Marciano dos Santos, a ROTAM, no Bairro Monte Castelo, visualizou uma motocicleta com dois ocupantes. A feminina, que estava na garupa, a qual é muito conhecida no meio policial, por usar crack e também ser usada como "mula", ou seja, para o transporte de entorpecente, apresentou excesso de nervosismo. Ao ser dada voz de abordagem, ela jogou uma pequena pedra de Crack no chão e passou a negar que fosse dela. Também disse que vê o que a polícia faz, todos os dias, na TV, dando a entender que os PMs tinham acusado ela falsamente. O condutor da moto, era um mototaxista e foi liberado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA