13/05/2021

ATENÇÃO - Interrupção da vacina da covid em gestantes sem comorbidades

 Seguindo a recomendação do Ministério da Saúde, por meio do 17º informe técnico, a Secretaria de Estado da Saúde orienta a interrupção temporária da vacinação contra a Covid-19 em gestantes e puérperas sem comorbidades, independente do imunizante. A medida foi tomada em atendimento à orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que recomenda a suspensão temporária do uso da vacina AstraZeneca/Oxford em gestantes e puérperas (mesmo com comorbidades). Ainda segundo o documento do Ministério da Saúde, “a vacinação de gestantes e puérperas com comorbidades deverá prosseguir com as demais vacinas Covid-19 em uso no País, visto que o perfil risco/benefício da vacinação neste grupo é altamente favorável (Sinovac/Butantan e Pfizer)”. Nesta quinta-feira (13), o Paraná receberá mais 244,8 mil doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 118 mil do imunizante Covishield, produzido pela AstraZeneca e Fiocruz e 126.800 doses da Coronavac, da parceria entre a Sinovac e o Instituto Butantan.  ASTRAZENECA – De acordo com o Ministério da Saúde, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) vai emitir uma nota técnica com orientações detalhadas para cumprimento do esquema vacinal de gestantes que já foram vacinadas com a primeira dose da vacina AstraZeneca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA