17/05/2021

JARDIM ALEGRE - Acusado de furto extorquiu vítima para entregar objetos

O furto, após arrombamento de casa, ocorreu em 15 de maio, mas no dia 16 de maio, a própria vítima recuperou um dos objetos levados, após pagar o suposto ladrão 
   No dia 16 de maio, um caso de extorsão foi registrado, às 14h25min, na Rua Pio Doze. A vítima contou que havia registrado furto, no dia anterior, 15 de maio, quando percebeu que haviam arrombado a porta de sua casa e subtraíram uma Smart TV Samsung de 43 polegadas e um botijão de gás, sendo que, através de terceiros, obteve informação que o autor havia sido um masculino. Após, alguns indivíduos que são amigos de seu filho, foram até o local onde o suposto autor estava e, através do pagamento do valor de R$ 150,00, tiveram a informação do próprio autor de onde estavam escondidos os objetos. Após entregar o dinheiro a ele, foram ao local indicado e localizaram uma TV marca Samsung de 43 polegadas. Um outra pessoa foi até o local com a vítima, disse que um botijão de gás, havia sido repassado para um tio seu. De posse das informações, a Polícia Militar iniciou diligências a fim de localizar os demais envolvidos, sendo então localizado, o rapaz que delatou sobre o botijão. Ele negou que havia sido ele quem repassou o objeto, mas que estava apenas ajudando a família a recuperar os produtos do furto, porque o filho do morador é seu amigo. Após o fato esclarecido, os soldados foram até o bairro Glorinha Rech, onde localizarem o principal autor. Ele chegou a negar, mas depois confirmou toda história, inclusive, que havia recebido o dinheiro para contar o local onde estava a TV. Policiais ainda identificaram outro suspeito, que poderia estar com o botijão de gás. Ao chegar ao endereço indicado, no referido Glorinha Rech, foi possível perceber o meliante pulando os muros dos fundos, que sai numa mata, tomando rumo ignorado.  Mais tarde, no final do plantão, os policiais conseguiram prender suspeitos. Ao todo foram detidos: o autor do furto e também o autor das extorsões. Entre eles estão o conhecido "Alanzinho".  Outras duas pessoas foram arroladas como testemunhas.  O caso foi encaminhado a Polícia Civil e o detido, além de ser acusado de furto, também vai responder pela extorsão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA