16/05/2021

LIDIANÓPOLIS - Vigilância está multando quem desrespeita regras da Covid

Após o policial militar ambiental da reserva assumir a vigilância, o comentário é que ele colocou ordem na cidade 
   Em Lidianópolis, um cidadão de nome Eduardo Souza, mais conhecido como "Mula", que é policial militar ambiental da reserva, está colocando ordem na cidade. Ele é o atual Diretor do Departamento de Vigilância Sanitária e não tem medo de tomar as devias providências, quando elas são necessárias. Comércios que não cumprem as regras do Decreto Estadual de enfrentamento a Pandemia, são multados e até pessoas nas ruas, tem recebido multas por não usar máscaras. "Fiquei sabendo que mais de 20 foram multadas neste últimos dias. Acho que tem que fazer isso mesmo, porque a maioria não respeita e coloca em risco quem está com medo ou se cuidando", disse um morador, em apoio a vigilância. Por telefone, entrevistamos o Eduardo, e ele contou detalhes de como a vigilância tem procedido.  "Eu estou cobrando isso para o bem do próprio cidadão, por isso, deixamos bem claro:  o cidadão que for flagrado sem máscara, será multado. A lei é estadual reza  o valor de R$
110,91; caso tenha reincidência, sobe para  R$554,55. Já para o comércio, quem descumprir, paga R$366,32, ou R$732,64, em caso de reincidência", afirmou Eduardo Souza.  Ouça a entrevista no link de vídeo e saiba mais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA