08/05/2021

LUTO - Infectada com covid, morre a ex-chefe do NRE de Apucarana

 A cidade de Apucarana e a região Vale do Ivaí, ficaram enlutadas ao tomar conhecimento da falecimento da senhora Maria Onide Sardinha, que é ex-chefe do Núcleo Regional da Educação (NRE), de Apucarana. Infectada com a Covid-19, ela apresentou complicações e foi internada, inclusive, transferida para um hospital de Maringá, mas, infelizmente, em 08 de maio, de 2021, foi anunciado o seu óbito. Uma mulher inteligente, dedicada, com muitos amigos e admiradores em toda região e deixou um exemplo de vida. Em sua conta, nas redes sociais, muitas mensagens foram postadas, uma delas dizia: "O céu está em festa e aqui na Terra estamos muito tristes com sua partida, Sou uma pessoa que muita honra, de ter conhecido e ser sua acadêmica e ser minha orientadora no TCC com o tema "O Uso dos Recursos Tecnológicos no Ensino da Matemática na Educação Básica", na primeira turma de Pedagogia na FAP, no ano de 2010, quantas histórias passamos juntas. As pessoas tinham ciúmes de nós, me chamavam de Caxias pela nossa amizade, mal sabiam as pessoas, que a senhora me transmitia muito conhecimento, carregarei comigo minha Mestre do conhecimento", escreveu Ana Paula Matheus Oliveira. "Querida, obrigada pelo sempre carinho conosco , mulher forte , determinada , dona de de si , competente e admirável. Não queríamos perde la, mas que seja feita a vontade do nosso Pai", postou Cristiana Vizoná Torchetti Lorencetti. O prefeito de Apucarana, Junior da Femac, emitiu nota de pesar, comunicando com muita tristeza, o falecimento da professora, que tinha 67 anos de idade. "Infelizmente, a professora Maria Onide não resistiu às complicações da doença. Apucarana perde uma respeitadíssima profissional da educação que era exemplo para a categoria", lamentou Junior da Femac, manifestando seus sentimentos à família e amigos. A nota da prefeitura ainda revelou que a  secretária municipal de educação, professora Marli Fernandes, também manifestou pesar pela morte de Maria Onide, em nome de todos os trabalhadores da educação em Apucarana. Maria Onide já acumulava 40 anos de trajetória no magistério, tendo atuado em várias escolas públicas e privadas. Como servidora de carreira do Estado do Paraná, foi guindada à chefia do Núcleo Regional de Educação de Apucarana, cargo que ocupou por mais de dez anos. Com mestrado em educação prestava serviços ao Ministério da Educação, na avaliação de cursos superiores. A professora deixa esposo, Luiz Alberto Sardinha, e os filhos William, Wellington (ambos residindo na Austrália), e o caçula Vinicius, além de noras e netos, e um vasto círculo de amigos em Apucarana e região. As informações sobre o sepultamento ainda não foram divulgadas pela família.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA