terça-feira, 17 de julho de 2018

ACONTECEU - Deputado se envolveu em acidente com carteira suspensa

              Vários portais de notícias do Paraná, destacaram o caso envolvendo o deputado federal Hidekazu Takayama (PSC-PR), que se envolveu em uma briga de trânsito no Centro de Curitiba, no sábado, dia 14 de julho, mais com um detalhe, ele estava com carteira suspensa. Segundo consta registrado no boletim da Polícia Militar e foi publicado pelo G1, houve uma batida entre carros - um deles, o do parlamentar - no cruzamento entre as ruas Brigadeiro Franco e Vicente Machado, sem vítimas. Takayama e Rafael Florêncio dos Santos, o outro condutor, se agrediram no local, ainda segundo a PM. O boletim registra que Santos danificou porta e retrovisor do carro do deputado, que revidou com socos no rosto do homem. Como não houve vítimas, ambos foram orientados ainda no local a registrar o caso no Batalhão de Políca de Trânsito (BPTran) e, caso queiram, a representar criminalmente contra o outro. Conforme dados do Detran-PR, Hidekazu Takayama dirigia com a carteira de habilitação suspensa desde 2016. Takayama afirmou, por meio de nota, que realmente está com a carteira suspensa, mas que isso "não é crime, é infração de trânsito". Ele diz também ter sido agredido, verbal e fisicamente. "Agressão ao idoso é crime previsto em lei! Temos o Estatuto do Idoso e todos sabem que isso é crime! Meu carro foi fechado, a porta foi chutada, levei um soco no rosto, tive minha mão presa pelo condutor no carro e, como reação, eu precisei empurra-lo e bater contra ele para me desvencilhar e não sofrer um acidente maior", comentou o deputado no comunicado. O próprio portal G1 entrou em contato com a defesa Rafael Florêncio dos Santos, mas até a publicação desta reportagem não recebeu retorno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA