sábado, 7 de julho de 2018

TRÁGICO - Investigadora da Civil mata o filho e comete ato extremo

O fato lamentável ocorreu na cidade de Cambé, região de Londrina, após a policial perder a guarda do filho 
             Um fato ocorrido em Cambé, chocou a região de Londrina, no dia 06 de julho, de 2018. Segundo informações, uma  investigadora da Polícia  Civil, identificada como Mileide, matou o próprio filho de apenas 2 anos e em seguida cometeu ato extremo,  em um condomínio fechado próximo à Sadia. A Polícia foi acionada durante à noite.  De acordo com informações de vizinhos, a investigadora perdeu a guarda do filho para o ex e acabou matando a criança. Há dois dias  eles  estavam desaparecidos. Em um áudio, gravado pelo Delegado Dr. José Aparecido Jacovós, ele revelou que durante a convivência com o marido, a mulher teria desconfiado de que  o pai abusava do filho, com o acusado entrou na justiça e ganhou a guarda do filho, a princípio ela teria se desesperado e cometido o ato trágico. Marido de Mileide sempre negou veementemente que tivesse praticado qualquer tipo de abuso contra a criança.  (Colaboração: Lucas Lopes – Foto: Bruno Costa – Vídeo: Eliandro Piva)

Um comentário:

  1. Que lamentavel!! Criança concerteza estara junto a DEUS.
    Testes psicológicos fracos pra agentes de segurança da nisso
    .

    ResponderExcluir

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.