sábado, 11 de agosto de 2018

BORRAZÓPOLIS - Espetáculo do "Espaço Sou Arte" realizado na cidade

  O evento foi viabilizado pela prefeitura, por meio de alguns secretarias municipais, e com o abjetivo de conscientizar a população sobre a importância da reciclagem e coleta seletiva   
     

A comunidade e Borrazópolis ficou encantada com a apresentação do Grupo "Espaço Sou Arte" de Campo Mourão, que esteve no município para apresentar, no dia 10 de agosto, de 2018, em Praça Pública, um espetáculo de circo, teatro e dança. Trata-se de uma ação de educação ambiental e cultural, patrocinado pela Itaipu Binacional, Universidade Livre do Meio Ambiente (Unilivre), que apenas 66 município conseguiram viabilizar, entre eles, a prefeitura de Borrazópolis, por intermédio das Secretarias de Agricultura; Desenvolvimento Rural, Cultura, Educação e Turismo. Os envolvidos diretos na organização do evento, foram: Alessandro Canello, secretário de agricultura e meio ambiente; Paulo Padro, responsável pela cooperativa de reciclagem do município e seus membros; Valdinei Ocane, técnico agrícola e coordenador municipal do projeto Reciclo e outras pessoas que estão envolvidas com ações que visam proteger o meio ambiente. Em Ivaiporã e Manoel Ribas, o espetáculo também foi apresentado, e segundo a assessora de imprensa da prefeitura de Ivaiporã, Lúcia Lima, os artistas desenvolveram, antes do teatro, durante o dia, oficina cultural e interativa com os catadores de materiais recicláveis e com educadores e técnicos. Também aconteceu uma ação cultural com os professores e estiveram presentes 16 professora do município. Os diretores das escolas Júlia Begali; Dom Bosco; Castelo Branco participaram do treinamento, juntamente com a secretária da educação a de cultura. A escola José de Anchieta enviou representante. E durante à noite, se apresentaram os artistas do Espaço Sou Arte, que abordaram a importância da reciclagem, impacto e consequências do trabalho na comunidade, a exemplo do que também ocorreu em Borrazópolis. As ações de sensibilização ambiental com abrangência técnica, educativa e sociocultural são voltadas e desenvolvidas para catadores de materiais recicláveis e à comunidade que atuam na coleta seletiva nos municípios que participam do programa Reciclo – Sistema Integrado de Coleta Seletiva, que abrange separação e venda de recicláveis para gerar renda a associações e cooperativas de recicladores. O Reciclo é desenvolvido pela Prefeitura, por meio do departamento municipal de meio ambiente, que adquiriu, recentemente, mais um caminhão de coleta seletiva e já assegurou equipamentos para o Centro de Triagem, Compostagem e Reciclagem. Na abertura, estavam presentes, além dos organizadores que já citamos, o prefeito Adilson Luchetti, a Rosa, da Associação de Catadores, vereador Wellington; "Bazuca", Dominado e Valdinei, o "Dí", sendo que o último não subiu ao palco, mas ficou entre as pessoas que foram assistir o espetáculo, assim como também a Ellen Lunardelli, secretaria da cultura; Cezar Soares, secretário do esporte a Cleide Michelin, secretaria da educação. O chefe do poder executivo, ressaltou a importante de uma cidade comprometida com a reciclagem: "E um prazer saber que entre os 66 municípios, selecionados para receber o projeto, fomos inseridos. Estamos investindo pesado e agradeço ao Iran, do Instituto das Águas, que já investiu cerca de um milhão e seiscentos mil aqui no nosso município. Parabenizo a todos, e peço que cada um colabore fazendo a separação do material que não é lixo, porque Borrazópolis tem dado exemplo para outras cidades do Paraná", disse o prefeito Adilson Luchetti, que também parabenizou os membros a cooperativa de catadores os vereadores pelo apoio. Pela Rádio Nova Era, Valdinei Del Grande, o "Di", lembrou que dos dois caminhões existentes no município, um deles, que é compactador de lixo, foi adquirido, por 290 mil, pedido que ele fez ao deputado estadual Stephanes Junior, que será importantíssimo para melhorar ainda mais os trabalhos na usina de reciclagem. O evento foi considerado um sucesso e agradou o público que participou. RECICLO - É um programa que vem despertando grande interesse por parte dos gestores municipais do interior do Estado. O Sistema Integrado de Coleta Seletiva, desenvolvido pelo Instituto das Águas do Paraná, além de promover a preservação do meio ambiente e se preocupar com a saúde pública, é inovador no que tange a sustentabilidade dos recicladores e conscientização da população através da educação ambiental. Realizado por meio de convênio com as prefeituras, a primeira etapa consiste na liberação de recursos para a aquisição de um caminhão próprio para a coleta seletiva. Como contrapartida, o município se responsabiliza pela instalação dos barracões da unidade de processamento dos materiais recicláveis, motorista para o veículo de coleta e a manutenção dos equipamentos. Em outra etapa, serão destinados os equipamentos para a triagem e reciclagem, conforme a necessidade de cada município. Fazem parte da lista de equipamentos: mega extensiva, esteira mecânica de separação, prensas hidráulicas, empilhadeira elétrica, paleteira hidráulica manual e balança mecânica. (Mais fotos no link abaixo)














Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.