sexta-feira, 10 de agosto de 2018

IVAIPORÃ - SOLUÇÃO PARA O PRESÍDIO

Reunião de emergência realizada por CONSEGs e lideranças da região, na Capital do Estado, já conseguiu viabilizar uma visita técnica do DEPEN, a cadeia superlotada de Ivaiporã 


Em Ivaiporã, a situação vergonhosa, da cadeia pública, infelizmente ainda é uma realidade. Apesar das inúmeras cobranças e manifestos, que foram realizados pela população, até este mês de agosto, de 2018, a situação ainda continuava a de sempre, ou seja, presídio superlotado e, em determinados momentos, abrigando até mais de 180 detentos, quando sua capacidade é para apenas 40; falta de infraestrutura; falta de funcionários do Estado; local totalmente insalubre com condições sub humanas e de alto risco para toda a comunidade, em função das fugas e muitos outros problemas. As promessas de que presídios serão construídos; de que os presos de Ivaiporã serão transferidos ou de investimentos que nunca aconteceram, tem sido comum, mas solução de verdade, isso ainda não ocorreu. Foi por este motivo, que neste início de Agosto, de 2018, uma equipe formada pelo empresário Celso Gomes, presidente do Conselho Comunitário de Segurança de Ivaiporã (CONSEG); Ataíde Aparecido Rodrigues, presidente do CONSEG de Ariranha do Ivaí; presidente da ACISI - Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Ivaiporã, senhor Mauro Merigue; presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Ivaiporã, Luis Carlos Favarin e prefeito Augusto Cicatto, de Ariranha do Ivaí, foram a capital do Estado, onde se reuniram, primeiramente no gabinete do deputado estadual: Missionário Ricardo Arruda, que em seguida, os levou para um encontro com o Diretor Gera do DEPEN - Departamento Penitenciário, senhor Francisco Alberto Caricati; o Secretário Especial de Assuntos Penitenciários, coronel Hélio de Oliveira Manuel; e onde foi discutida a situação insustentável e inédita vivida por Ivaiporã. "Eu diria que tivemos um resultado positivo, pois o Diretor Geral do Depen, nos assegurou que uma equipe iria, imediatamente, vistar a cadeia para buscarmos uma solução e evitar que a cidade fique refém de um presídio", disse uma das lideranças de Ivaiporã, ao Blog do Berimbau e Rádio Nova Era, logo após o encontro na Capital. Parece que realmente a conversa e os argumentos  levados pelas lideranças da região, dessa vez, surtiram resultados positivos, pois ainda na segunda semana de Agosto, Coordenadores Regionais, que ficam no Depen, de Londrina, fizeram uma visita a cadeia de Ivaiporã. Eles ficaram impressionados com o que constaram e  asseguraram que algo precisa ser feito,  de forma urgente. Para os membros e presidentes dos CONSEGs de Ivaiporã e Ariranha do Ivaí, a esperança é, que a partir de agora, uma providência eficaz, realmente seja tomada e que o mini presídio não continue sendo comparado com um  "barril de pólvora", mas sim com um local onde os detentos possam cumprir suas penas ou aguardar o julgamento sem serem submetidos as condições atuais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário