sábado, 11 de agosto de 2018

JANDAIA - Polícia prendeu três pessoas com um veículo roubado

Um Onix roubado no Estado de São Paulo foi recuperado em Jandaia. O carro estava com uma placa fria e três suspeitos foram conduzidos até a delegacia 
              Em Jandaia do Sul, a Polícia Militar apreendeu um veículo adulterado, que a princípio seria um carro roubado no Estado de São Paulo. A ação da PM começou após uma empresa de rastreamento, fazer contato com a PM de Jandaia, informando que estava na Praça do Café, um Chevrolet Onix, de placas QNI-0112. Os soldados foram até o endereço e verificaram que tal veículo estavam no local, mas com outra placa: FYG-8055. Também se verificou que três pessoa estavam em atitude suspeita. Com apoio da Rotam, foram abordados Adelson Marlony da Silva; um rapaz que se identificou por Fernando Oshiro, mas que ao final da ocorrência, constatou-se que ele usava documentos falsos e que na verdade seu nome era Luciano Ribeiro; o terceiro e Evaldo Rodrigues de Oliveira, sendo que Luciano, estava de posse da chave do Onix. Ele informou que comprou o carro em São Matheus, São Paulo, e que pagou a quantia de 9 mil reais. Adelson Marlony da Silva, disse foi buscar o veículo a mando de seu irmão, das iniciais  Anderson da Silva Navas, que está no semi aberto em São Paulo e que na sequência pegou Luciano  e se dirigiu para o Paraná, recebendo de Luciano a quantia de 500 reais por ter trazido o Onix. Também informou que na rodoviária estava apenas comprando a passagem para retornar a São Paulo. O terceiro abordado, Evaldo Rodrigues, afirmou que estava em sua residência quando Luciano e Adelson pediram para que levassem ambos ate a rodoviária, para deixar Adelson, pois ambos não sabiam como chegar até o referido terminal. Foi checado a placa e no sistema foi constado que a situação era legal, porém ao checar o chassi e assoalho, possuía claros sinais de adulteração. Os envolvidos foram conduzidos até a Companhia da Polícia Militar de Jandaia do Sul, para maior averiguação. No celular de Adelson, havia uma áudio onde o mesmo afirmava que na próxima segunda-feira, iria levar uma Hilux, indagado sobre o áudio, Adelson afirmou que Luciano,  já teria negociado mais essa camionete, e que já estava certo para Adelson trazer e que o mesmo receberia, de Luciano, dois mil reais pelo serviço. "Durante a confecção do Boletim, a equipe Rotam, juntamente com apoio dos Policiais de Plantão, foram até o sítio onde residem os familiares de Luciano, e chegando lá, foi constato que ele havia mentido o seu nome e estava com os documentos de habilitação e RG falsos, e que Fernando se tratava na verdade de Luciano Ribeiro", informou a Pm.  Todos os acusados negaram a prática de crimes. Na delegacia de Jandaia, a polícia civil estava colhendo depoimentos e iria apurar exatamente se houve prática criminoso por parte dos envolvidos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário