sexta-feira, 9 de novembro de 2018

APUCARANA - Dois tráficos de droga e três furtos registrados

No Bairro Jaçanã menor foi apreendido com droga. Na Vila Regina, homem detido com maconha e crack. Já os furtos ocorreram no Jardim Paulista e Rua Pio XII
Tráfico na Vila Regina 
Em Apucarana, foram duas ocorrências de tráfico divulgadas no boletim de 09 de novembro, de 2018. No dia 08 de novembro, na Rua Jairo Torrezan, Bairro Jaçanã, um menor, de 15 anos, ao perceber a equipe da Pm, saiu correndo levando consigo uma lata, sendo abordado logo em seguida. Feito busca pessoal, foi localizado, no interior do recipiente, 15 porções de substância aparentando ser maconha, a quantia de R$34,00 em dinheiro trocados e 84 pinos vazios utilizados para armazenamento de cocaína. OUTRO CASO - O segundo tráfico, foi na Rua Natividade, esquina com a Rua Visconde de Parnaíba, na Vila Regina. No local, foi percebido um homem, de nome Diego, que jogou algo no chão, o que era uma porção de crack. Segundo a Pm, há várias denúncias que já há algum tempo o indivíduo esconde a droga no muro de uma residência. O local foi encontrado, e havia mais 97,4 gramas de maconha, aproximadamente 4,4 gramas de crack e mais duas giletes que são utilizadas para cortar a droga.  Ambos os acusados negaram que tenham ligação com o tráfico de drogas. 
FURTOS - Três furtos foram registrados em Apucarana 
No dia 08 de novembro, na Rua Cristóvão Colombo, 272, Jardim Paulista, uma casa foi arrombada. O marador saiu no dia 05 de novembro, e, ao voltar, percebeu o crime. Levaram diversos objetos: 66 garrafas de Whisky de várias marcas; um conjunto de moletom; uma mala de viagem; um terno; um edredom e dois cobertores. Um Gol branco, foi visto em atitude suspeita no local. O segundo furto, foi Rua Rosa Stábile, 799, Jardim Paulista. Um trailler que vende Lanches, foi arrombado. Furtaram: TV Smart de 32 polegadas da marca Panasonic, na cor preta e sem os cabos e o suporte; um controle de TV; doces e alimentos diversos. O último furto ocorreu na Rua Pio XII. Adolescente, de 14 anos, relata que estava se deslocando e olhando o celular quando um elemento passou correndo e agarrou o aparelho, desaparecendo logo em seguida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.