domingo, 18 de novembro de 2018

APUCARANA - Roubo no Mercado Econômico e a taxista de Califórnia

Acusado de roubo a Taxista de Califórnia 
No Mercado Econômico, dois bandidos assaltaram o local. Já um taxista de Califórnia, foi roubado após fazer corrida até Apucarana. O suspeito foi preso  
               No dia 18 de novembro, de 2018, foram registrados dois assaltos em Apucarana, sendo o primeiro na Avenida Mato Grosso, no Jardim Ponta Grossa, Mercado Econômico. Por volta das 14h00min , chegaram dois meliantes portando arma de fogo, em uma Honda/ Twister, na cor prata, estando ambos de capacete. Eles anunciaram roubo levando um malote com uma quantia em dinheiro de papel e moedas. Na sequência fugiram sentido Avenida Central do Paraná.  TAXISTA -   Roubo ainda, às 15h15min,  de 17 de novembro, na Av: Minas Gerais, Jardim Apucarana, próximo da Pitoni Pneus. Um taxista disse efetuou uma corrida para o autor,  de Califórnia até Apucarana, e quando chegou no endereço, foi dada a voz de roubo mediante ameaça.  O ladrão subtraiu a quantia de aproximadamente R$ 60,00 e o seu celular. Populares presenciaram a ação e seguiram o acusado que entrou em um ônibus e desembarcou nas proximidades da Rua Munhoz da Rocha, esquina com Galdino Gluck junior. Ato contínuo, jogou a maioria das notas pela janela do ônibus, sendo possível recuperar R$ 40,00 (quarenta reais) e posteriormente, na busca pessoal, foi encontrada em seu bolso, a quantia de R$ 22,00 (vinte e dois reais).  Identificado por Marcos Alexandre, o rapaz reagiu a prisão e foi preciso usar spray de pimenta.  Ele negou que seja o ladrão e disse que iria provar sua inocência.  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA