terça-feira, 6 de novembro de 2018

MAUÁ DA SERRA - Dois são flagrados furtando e acabam presos pela PM

Entre os detidos está Rubens Carreira, já conhecido no meio policial, suspeito de vários delitos e que há menos de um mês, já havia sido preso acusado de agredir a esposa na Vila Maria 
             Um homem conhecido no meio policial, em Mauá da Serra, de nome Rubens Carreira, de 42 anos, foi preso acusado de entrar em um residência para furtar. Ele teria agido na companhia de um jovem, de nome Jean, de 23 anos, que está também sendo investigado. O detalhe que chama atenção, é que Rubens havia sido preso,  há menos de um mês, ou seja, no dia 19 de outubro, após agredir, de forma covarde, a esposa, na Vila Maria, inclusive teria utilizado um ferro de passar roupas nas agressões, mas já estava em liberdade e novamente suspeito de estar cometendo novos crimes. Moradores ressaltaram a importância do trabalho da PM, que tem efetuado as prisões, mas lamentaram as leis brandas, que não seguram na cadeia, um indivíduo que é acusado de aterrorizar a cidade. Na prisão do dia 05 de novembro, de 2018, era por volta das 23 horas, quando na Rua das Flores, Vila Maria, um morador chegava em casa e deparou com dois meliantes carregando, para fora do imóvel, alguns dos seus pertences. Assim que foram flagrados, os acusados abandonaram tudo e fugiram pulando muros, mas deixaram estacionado, nas proximidades, um Fiat Pálio, cor azul, aberto e sem as chaves. Os soldados de plantão fizeram patrulhamento até receber uma nova denúncia que os suspeitos haviam voltado para buscar o carro, mas quando estavam tentando dar tranco, receberam voz de prisão. "No momento da prisão, Rubens reagiu e investiu fisicamente contra a equipe de Soldados, que fez uso progressivo da força para conter a injusta agressão, o que causou  lesão no homem. Foi feito uso de algema em ambos e, é válido ressaltar, que Rubens, dentro da viatura, arremessava sua cabeça contra a grade que protege o vidro. Já na Delegacia, se jogou contra o solo duas vezes e a todo momento ameaçava os Policiais", informou o Boletim da Pm. Há informações que na Delegacia, os detidos negaram a prática de crimes, apesar das evidências, do flagrante e das inúmeras denúncias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.