quinta-feira, 8 de novembro de 2018

POLICIAL - Mais detalhes do brutal assassinato do jogador Daniel


             Um dos temas que mais repercutiu na imprensa nacional e nas redes sociais, foi o caso da morte brutal do jogador Daniel Correia. Neste dia 08 de novembro, de 2018, o portal G1, divulgou detalhes sobre a prisão de suspeitos. A matéria diz que Ygor King, de 19 anos, e David Willian da Silva, de 18 anos, se apresentaram à Polícia Civil de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, às 10h30 desta quinta-feira (8). Os dois são suspeitos de participar do espancamento e da morte do jogador Daniel Correa Freitas. A princípio eles negam o crime e diz que são inocentes. A 11ª Vara Criminal de São José dos Pinhais expediu nesta quarta-feira (7 de novembro, de 2018) mandados de prisão temporária de 30 dias contra três suspeitos, Ygor, David e Eduardo Henrique da Silva, de 19 anos. Eduardo, que é primo de Cristiana Brittes, foi preso nesta quarta-feira (7) em Foz do Iguaçu, no oeste do estado. Segundo a polícia, os três suspeitos teriam ajudado o empresário Edison Brittes Júnior na agressão a Daniel na festa que aconteceu na casa da família Brittes no dia 27 de outubro e na morte do jogador. Na segunda-feira (5), o advogado que representa Ygor e David foi até a delegacia para colocar os dois suspeitos à disposição da polícia. A família de Daniel está a caminho de Curitiba e deve depor ainda nesta quinta-feira. Depoimentos - Edison Brittes depôs nesta quarta-feira (7) e confessou ter espancado e matado o jogador Daniel. A versão prestada no depoimento, no entanto, é diferente da apresentada dias antes em entrevista à RPC. Em entrevista, Edison Brittes falou que a porta do quarto onde Cristiana estava foi arrombada por ele. No depoimento, disse que pulou a janela ao ver o jogador com a esposa. Ele preferiu ficar em silêncio no interrogatório quando foi questionado sobre como o jogador foi morto, mas assumiu toda a autoria do crime. O suspeito disse à polícia que queria humilhar o jogador, e que ficou transtornado ao presenciar a suposta violência contra a esposa dele, Cristiana Brittes. Segundo a versão de Edison, Daniel tentou estuprar Cristiana.  (G1 - fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.