terça-feira, 23 de abril de 2019

ABRIL VERDE - Campanha de prevenção a acidentes na construção civil

             O Paraná tem hoje 123 mil trabalhadores na área da construção civil. De acordo com informações do Observatório de Saúde e Segurança no Trabalho e do INSS, os maiores índices de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho são registrados em canteiros de obras. A campanha da Secretaria de Estado da Saúde no Abril Verde 2019 tem o objetivo de alertar e sensibilizar profissionais e empresários do segmento. A campanha de prevenção a acidentes de trabalho foi lançada pela secretaria nesta segunda-feira (22), em Curitiba, e segue até sexta (26). Segundo dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SUS/Sinan-NET), a ocupação “pedreiro” lidera o ranking dos acidentes de trabalho, com 3.576 registros no Paraná entre 2006 e 2019. “A saúde do trabalhador tem a atenção deste Governo. Estamos integrando ações entre as superintendências de Atenção à Saúde e Vigilância em Saúde com envolvimento de todos os municípios”, disse o secretário estadual da pasta, Beto Preto, especialista em Medicina do Trabalho. EVENTO – Na abertura do Abril Verde, no auditório da secretaria da Saúde, houve um debate com o tema “O adoecimento na construção civil e o papel da rede de atenção”, transmitido por videoconferência para todas as Regionais de Saúde do Paraná. “A construção civil paranaense é um ramo de grande importância econômica e se destaca como provedora de empregos, mas também é responsável por um número significativo de acidentes graves e fatais”, explica o diretor do Centro Estadual de Saúde do Trabalhador (CEST), Elizeu de Oliveira Freitas. O evento teve ainda a palestra ministrada pelo médico especialista da saúde coletiva e medicina preventiva, Zuher Handar, que já foi secretário de Saúde e Segurança no Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego e presidente da Associação Nacional de Medicina do Trabalho. “Precisamos fortalecer a saúde do trabalhador no SUS e o Paraná está no caminho certo quando busca a integração com os municípios”, destacou. A superintendente da Atenção à Saúde, Maria Goretti David Lopes, salientou que a ampliação de horário de atendimento em unidades da rede está entre as ações programadas pela secretaria. “Nossos usuários são os trabalhadores e discutiremos com os gestores municipais sobre horários diferenciados nas unidades básicas de saúde”.  (mais detalhes no link abaixo) MAIS AÇÕES NO PARANÁ - Desde 2017, o Centro Estadual de Saúde do Trabalhador (CEST) desenvolve ações junto ao Comitê Diretor de Incentivo à Formalidade no Setor da Construção, órgão ligado a sindicatos da construção, para a capacitação de trabalhadores. “Realizamos 18 oficinas sobre prevenção de acidentes e segurança para mais de 400 profissionais que atuam na inspeção de canteiros de obras e atingimos 18 Regionais de Saúde do Paraná” disse o diretor do CEST, Elizeu de Oliveira Freitas. De acordo com ele, até o mês que vem serão realizados treinamentos em mais quatro regionais – Paranavaí, Pato Branco, Toledo e Cascavel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA