domingo, 14 de abril de 2019

FAXINAL - Motorista de gol acusado de embriaguez e com droga no carro

Ilustrativa 
                 Em Faxinal, a Polícia Militar registrou ocorrência como embriaguez ao volante e suspeita de tráfico de drogas contra uma pessoa  de nome Everton. O abordado foi o motorista de um Gol, ano 1994, cor vermelha, e placas de Faxinal. Chegou denúncia, na noite de sábado, dia 13 de abril, de 2019, que na Rua Tolstoi Montovani com a Rua Deodoro Antunes Ribeiro, o carro estava transportando drogas para uma mulher e seu filho, que é esposa de um presidiário que encontra-se detido na Delegacia de Faxinal. Ao fazer buscas, a PM encontrou o carro estacionado na Rua Tolstoi Montovani. O motorista, ao notar a presença da equipe policial, entrou na residência. A PM deu a volta na quadra, e,  ao chegar na Rua Deodoro Antunes Ribeiro, visualizou o Gol saindo da residência. O motorista começou uma fuga, mas logo parou. Ele tinha sintomas de embriaguez, o que ficou comprovado com o teste do bafômetro, que aferiu 1,02mg/l. Dentro do carro,  a Pm apreendeu latas de cerveja consumidas e três invólucros de cocaína, pesando 0,7 gramas, todos acondicionados em plástico de cor verde e vedados com fita preta.   Ainda no carro havia a quantia de R$336 reais em notas e R$ 2,25 reais em moedas. Diante dos fatos, foi conduzido o motorista, por embriaguez ao volante e tráfico, mas na delegacia o Delegado não reconheceu a condição de tráfico, devido a pouca quantidade de entorpecente apreendida. Everton, que tem cerca de 40 anos,  negou que seja traficante e chegou a negar que estivesse embriagado ao volante. Os demais acusados também negam envolvimento.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA