domingo, 14 de abril de 2019

JARDIM ALEGRE - Roubo e furto registrados na zona rural do município


No Bairro Água dos Patos, bandidos roubaram carro e objetos, sendo o veículo já recuperado e parte dos objetos encontrados em  Ivaiporã.  Já na localidade do  Cinco Encruzo, houve furto de pulverizador 
                   No sábado, dia 13 de abril, de 2019, a Polícia Militar registrou roubo e furto na zona rural do município de Jardim Alegre. ROUBO - A primeira ocorrência foi o assalto, ocorrido na Aguá dos Patos, cuja equipe do Destacamento foi acionada por volta da meia noite. Ao chegar ao local, uma das vítimas, que seria Márcio Motta,  disse que estava em sua casa, com seus familiares, por volta das 22h00min, momento em que a residência foi invadida por dois homens armados, que renderam sua família e os amarraram. Logo começaram o ameaçar, psicologicamente, dizendo que iriam matar todos. Também começaram as agressões com socos, ponta pés e gritavam pedindo dinheiro. Tudo foi revirado e na fuga, levaram um televisor de 32 polegada Philips, um carro Gol, modelo G4 , de cor prata e placa APH-2474, dinheiro, celulares, outros objetos e carteiras com documentos pessoais. Após duas horas, os moradores conseguiram se soltar e avisar a PM local. No domingo, dia 14 de abril, o sargento Wesley informou que o Gol foi recuperado e também, na zona rural, de Ivaiporã, onde ele e amigos praticavam o esporte de Airsoft, encontraram a TV e outros objetos, que coincidentemente, eram do roubo ocorrido em Jardim Alegre. Todas as providências foram tomadas.  FURTO - Já o furto, aconteceu no dia 13 de abril, às 13h05mi, na Estrada do Algodão, Bairro Cinco Encruzo, divisa com Ivaiporã. A vítima afirmou que tem o sítio, o qual fica sem ninguém, sendo que ele foi até a propriedade, no dia 12 de abril, trabalhou até o final do dia, foi para cidade e voltou no sábado, 13 de abril, quando notou a falta de um pulverizador de veneno, da marca Jacto e de 600 litros, o qual era de sua propriedade, há mais de 30 anos, por isso, não tinha nota. Ele acredita que os ladrões o acoplaram a um trator, pois havia marcas de pneus no sítio, seguindo até a estrada e tomando rumo ignorado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA