quarta-feira, 10 de abril de 2019

JÚRI - Assassino de mulher de Borrazópolis será julgado em Mandaguari

Depois de 19 anos, de um crime brutal, homem que matou ex-moradora de Borrazópolis, Mandaguari, vai a julgamento 
       Foi marcada para este mês de abril, de 2019, mas transferido para 27 de junho,  o   julgamento de Celso Alves, na Comarca de Mandaguari. O júri é esperado, por familiares, há 19 anos. Segundo o filho da vítima, de nome Paulo Sérgio, o assassinato de sua mãe, a Neuza Maria de Jesus, de 35 anos, filha do conhecido "Jesus", de Borrazópolis, aconteceu no ano de 2000. Na época, ela era amasiada com Celso, com quem morava, em Mandaguari, juntamente com seu filho, de nome Alex.  Após desentendimento, o criminoso promoveu o ataque, tirando sua vida com 11 facadas e uma ainda uma paulada na cabeça, atingindo região da testa. O corpo ficou por três dias dentro da casa, até ser encontrado. O homem fugiu, mas há cerca de 05 anos, se apresentou e agora será julgado.  Na época o crime covarde comoveu Mandaguari e região. Atualmente, o único desejo da família é que justiça seja feita.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA