segunda-feira, 22 de abril de 2019

SÃO JOÃO- Empresa de Ivaiporã entregava carne de merenda em ambulância

A acusação é de que o  veículo não esterilizado e sem refrigeração,  estava fazendo entrega em escolas de Lunardelli, São João e São Pedro do Ivaí, mas toda a carne foi apreendida e descartada 
Descarte foi feito em um Lixão de São João do Ivaí 
   A Polícia Rodoviária Estadual, Posto de São João do Ivaí, que tem no comando o sargento Carlos Alberto, e uma agente da Receita Estadual, estavam fazendo uma fiscalização de rotina, em frente o referido Posto, neste dia 22 de abril, de 2019, quando passou pelo local uma GM William Montana, ano 2009, branca, de uma empresa de Ivaiporã, que supostamente era utilizado como ambulância, mas foi adquirida  para o transporte de alimentícios. O detalhe que chamou atenção, é que a utilitário estava com um carregamento de carne, que seria entregue em uma Escola de São Pedro do Ivaí. A princípio, o dono da empresa venceu licitação para fornecer a carne a Escolas da região, mas era evidente que o transporte estava irregular.  A acusação é de que não foi feita esterilização do veículo ambulância, o que poderia resultar na contaminação; e o compartimento de carga não foi equipado com refrigerador, conforme preconiza a lei que versa sobre este tipo de transporte, inclusive, foi medida a temperatura, a qual estava acima dos padrões exigidos. Diante do constatado, foi solicitada uma equipe da Vigilância Sanitária, a qual atestou as irregularidades, por isso, a carne foi descartada e todas as providências cabíveis, foram tomadas. Como o entregador já havia deixando parte do produto em Escolas de Lunardelli e São João do Ivaí, estas instituições também foram orientadas a descartar o produto, por conta do risco que levaria aos alunos que fizessem o consumo. O nome do  empresário responsável, não foi divulgado; tentamos o contato com a empresa que aparece nas inscrições do veículo,  mas não conseguimos. Uma pessoa que fez contato com a reportagem, disse que o fato será esclarecido e não há nada de irregular com o transporte.  RESPOSTA - No dia 23 de abril, um cidadão de Ivaiporã, manteve contato com a nossa reportagem dizendo que é o dono da empresa. Ele alega que não comprou o veículo de leilão e que acredita não ser um ambulância, mas sim um veículo furgão, que comprou de um terceiro e a utilizava para o transporte. Disse também que a carne que produz é inspecionada, dentro dos padrões e que atende dezenas de prefeituras,  sem nunca ter tido problemas. Alegou que a reportagem, mesmo não citando o nome da empresa e nem do empresário, pode o prejudicar. O Blog do Berimbau, se colocou a disposição para qualquer outro esclarecimentos que o empresário desejar.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA