18/06/2020

ATENTADO - Em Cândido de Abreu, casa foi crivada de balas

Agricultores de Faxinal de Catanduvas disseram que estavam dormindo quando começaram a ouvir os tiros que atigram casa e carro 
           Em Cândido de Abreu, uma família viveu momentos de terror, durante à noite, de 17 para 18 de junho, de 2020. Por telefone, conseguimos falar com a moradora Rosenilda Kovalski e também com o seu marido, o Ismael Pinheiro, moradores de Faxinal de Catanduvas I. Vale ressaltar que Ismael já foi acusado  de ter praticado alguns delitos, mas sempre negou. Eles, marido e mulher, informaram que residem no sítio dos pais de Rosenilda, na casa dos fundos, sendo que, antes da meia noite, foram surpreendidos com dezenas de tiros nas paredes das duas casas e no carro. "Eu, o meu marido e a nossa bebê, ficamos deitados com a cabeça coberta e percebíamos apenas o clarão dos tiros. Os indivíduos gritavam que era da política e continuavam atirando, mas, após o atentando, foram embora sem nada  levar. Também não conseguimos ver ninguém, apenas ouvimos o barulho de motor de carro saindo", disse Rosinalda, que estava na delegacia registrando o boletim. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA