segunda-feira, 15 de junho de 2020

IVAIPORÃ- Golpista cria perfil falso de médico para aplicar golpe

                          MAIS DETALHES                   
O estelionatário criou  conta de Whatsapp usando a foto de um médico do Hospital e Maternidade para aplicar o golpe em dois entregadores de restaurantes da cidade. As vítimas conseguiram resgatar o dinheiro     
     Estelionatário utilizando a foto de um médico de nome Marcos, funcionário do Hospital e Maternidade, criou conta de Whatsapp falsa, usando número com o código 067, se passando pelo médico e conseguiu aplicar golpe em entregadores de duas empresas: "Restaurante do Coco", e "Churrascaria Zílio" sendo que o primeiro estabelecimento fica localizado em frente ao novo Hospital Regional, de Ivaiporã e o segundo no centro da cidade, na Praça da Igreja Bom Jesus. No dia 13 de junho, sábado, às 18 horas, uma pessoa que trabalha  (entregador) no referido restaurante (Coco), procurou a Polícia Militar e disse que o falsário pediu para que fosse entregue uma marmitex e suco no Hospital e Maternidade, sendo que durante a conversa, também pediu que realizasse um depósito bancário para ele, no banco do Bradesco, no valor de R$200,00, sendo dois envelopes contendo o valor de R$100,00, e que pagaria com uma gratificação de R$40,00, quando chegasse ao hospital. Como não tinha o dinheiro, sacou no Banco do Brasil, para realizar o depósito. Durante a conversa e a transferência bancária, o golpista pediu que enviasse o comprovante pelo email: marcosss944@gmail.com. Todas as informações passadas pelo golpista, foi uma forma de convencer a vítima de que realmente estava falando com o médico. Assim que percebeu que havia caído em um golpe, a vítima procurou a Polícia e registrou o boletim.  O entregador da Zílio, depositou da mesma forma, mas o valor de 230 reais. Segundo informações, um golpe famoso tem sido o da clonagem do Whatsapp, mas diante da dificuldade em aplicá-lo, os meliantes começaram a criar perfis falsos, não só do Whatsapp, mas também do facebook e outras redes sociais, sempre usando fotos de pessoas idôneas para convencer que está sendo ludibriado.   FINAL FELIZ - Como os depósitos foram por meio de envelopes, nesta segunda-feira, dia 15 de junho, as vítimas procuraram o Banco Bradesco e conseguiram, por meio da gerência, resgatar os envelopes, antes que os depósitos fossem concluídos.   Ficou constatado que a Conta está em nome de uma pessoa de nome Adriana, que seria de Campo Grande (MS), agência 5247 e conta final  923.  O próprio banco informou que o caso está sendo investigado a conta seria bloqueada.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA