02/07/2020

AMBIENTAL - Comércio de Lenha em Apucarana e fogo em Cambira

Em Apucarana,  cidadão vendia lenha para Pizzaria, tipo gurucaia, sem autorização. Já em Cambira, fogo era utilizado para destruir vegetação 
APUCARANA - Em Apucarana, a equipe do 3º Pelotão da Polícia Militar Ambiental, cabo Cunha e soldado Lioti, foi checar denúncia de produtos de origem vegetal sem licença, inclusive, que havia o corte e comércio de lenha de espécies nativas, sem a devida autorização. Ao chegar ao local, foi encontrada uma certa quantidade de lenha de gurucaia, cortada, e, em contato com o morador, este informou que o material foi retirado na propriedade, o qual seria comercializado para uma pizzaria de Apucarana. Disse.' ainda que o responsável encontrava-se no comércio da família. Desta forma, os policiais dirigiram-se até o endereço, e, em contato com o cidadão, este assumiu a autoria dos fatos, responsabilizando-se por tal ato. Foi lavrada a notificação para o comparecimento a sede do 3º Pelotão Ambiental, e o auto de infração. Foram apreendidos 5 metros cúbicos de lenha. CAMBIRA - Em Cambira, no dia 01 de julho, o cabo Cunha e soldado Lioti, receberam informações que uma pessoa estava fazendo uso de fogo, em área agropastoril, sem autorização. Atendendo solicitação do Ministério Público, a Polícia Militar Ambiental chegou ao endereço, onde havia o suposto desmate, na estrada do Coqueirinho, Em contato com o proprietário, ele foi notificado a comparecer na sede do 3º Pelotão, de Apucarana, onde nesta data compareceu e foi lavrado Auto de Infração de cinco mil reais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA