02/07/2020

ASSALTO - Caminhoneiro assaltado em Imbaú é deixado em Mauá

Ladrões levaram  carreta Iveco  carregada  com Óleo Diesel S-10. O motorista feito refém em Imbaú, foi liberado em Mauá da Serra 
           Em Mauá da Serra, um roubo agravado foi registrado, no dia 01 de julho, de 2020, às 22h56min. O motorista da empresa de combustível Distribuidora Taurus, que dirigia um Caminhão Iveco, com placa HSI 1456 e semi reboques SR/Randon, de cor Branca com as placas HTE 9913 e HTE 9914, ambos carregados de óleo diesel S-10, seguindo com destino a Campo Grande – MS, informou que, por volta das 19h50min, estava na BR 376, passando por Imbaú, a frente de Ortigueira, quando percebeu estar sendo seguido por um veículo. Logo notou que o caminhão perdeu velocidade e começou a apresentar problemas mecânicos. Ao parar no acostamento, foi surpreendido por um indivíduo atrás da cabine, encapuzado, que armado, deu voz de assalto e mandou ele se sentar na beira da rodovia. Logo surgiram mais dois bandidos, também encapuzados, um deles com um fuzil, e os outros dois portanto revólveres. Após ser rendido, foi colocado dentro de um veículo e acompanhado por dois, dos três quadrilheiros. O terceiro conduziu o caminhão tomando rumo ignorado. Colocaram capuz na vítima e o levaram para dentro do carro de passeio, sendo que, por volta das 22h55min, o deixaram às margens da rodovia BR-376 no Km 294, em Mauá da Serra, próximo a uma residência. Foram levados, além do caminhão, os documentos e todos os pertences pessoais do profissional do volante. Foi feito contato com a empresa que rastreia o veículo de carga, mas até a publicação desta reportagem, ainda não havia notícias do  Iveco. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA