24/07/2020

Batidas de veículos em postes aumentam apesar de isolamento social

           Apesar das medidas de isolamento social recomendadas para contenção da pandemia do novo coronavírus, o número de acidentes envolvendo veículos e a quebra de postes da rede da Copel, no Paraná, não teve redução nos últimos meses. No primeiro semestre deste ano, as batidas quebraram 1.531 postes em toda a área de concessão da empresa, contra 1.509, no mesmo período de 2019. Os maiores aumentos se deram entre os meses de março e maio. Neste último foram contabilizados 288 postes abalroados, variação de 21%, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Os municípios com maior número de acidentes registrados foram Curitiba (162), Londrina (88), Maringá (81), Ponta Grossa (53), São José dos Pinhais (51), Cascavel (45), Apucarana (29) , Arapongas (27), Araucária (26) e Foz do Iguaçu (23). Além do transtorno para a população pelos desligamentos causados por esse tipo de acidente - os trabalhos de reparo duram, em média, quatro horas - pode haver ainda prejuízo financeiro, nos casos em que o motorista responsável abandona o local do acidente, impossibilitando sua identificação. Os custos variam de acordo com o tipo de estrutura abalroada e os equipamentos avariados no acidente. Além do aumento no número de batidas, neste primeiro semestre também aumentou o custo médio para manutenção de cada poste quebrado por veículos. Enquanto em 2019 o valor ficou em R$2,9 mil, os casos ocorridos até o momento, em 2020, resultam em uma média de R$3,5 mil por batida. Casos de abalroamento de postes e informações sobre o veículo responsável podem ser comunicados à Copel por meio do telefone 0800 51 00 116.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA