10/07/2020

COVID - Rio Bom entre os 3 municípios da 16ª Regional sem Covid

         O município de Rio Bom é um dos poucos do Paraná, que não registraram casos confirmados de Covid-19. Juntamente com Borrazópolis e Grandes Rios, são os únicos municípios da 16ª Regional de Saúde que estão livres de casos, de acordo com o último Boletim Informativo divulgado pela Secretaria de Estada da Saúde (SESA), na quarta-feira (08/07). “Se Rio Bom está ainda seguro, isso se deve à mão de Deus e ao importante e árduo trabalho de toda a equipe de saúde que está na linha de frente de combate ao novo Coronavírus. E, claro, a todos os cidadãos que respeitam as orientações das entidades sanitárias de todo o Brasil e do mundo”, explica o presidente da Autarquia Municipal de Saúde (AMS-RB), Luciano Cesar. Mesmo com esse ‘status’, o presidente mantém a preocupação acesa e reforça o pedido para que toda a população siga todas as orientações necessárias. “Mesmo assim, ainda existem aqueles que não estão respeitando as orientações básicas de prevenção ao vírus. Estamos fazendo a nossa parte. Aquele que desobedecer, vai sofrer com punições mais severas, infelizmente. Não queremos isso, mas sim, salvar vidas”, ressaltou Luciano. Cidades vizinhas - Outra preocupação do presidente são os município vizinhos, que já registram casos confirmados da doença e na qual os riobonenses são dependentes. “Municípios como Rio Bom [pequenos e sem casos] enfrentam grandes dificuldades com os municípios que acolhem os nossos habitantes, pois a metodologia de reinserção dos infectados pela Covid-19 não é feita adequadamente, além de os exames não, muitas vezes, não dar resultados precisos. Isso acaba afetando o nosso trabalho de prevenção”, salienta. Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) - A Autarquia Municipal de Saúde (AMS-RB) aproveitou a leve baixa dos preços dos EPIs para equipar e proteger os agentes de saúde do município. “Embora os preços estejam inacessíveis ainda, estamos adquirindo alguns itens importantes, com cautela, administrando bem o dinheiro público”, disse Luciano. (Texto e imagem: Fabrício Evaristo, técnico em comunicação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA