24/07/2020

IVAIPORÃ - Casal acusado de tráfico de droga na Vila Monte Castelo

              A Polícia Militar, de Ivaiporã, equipe ROTAM, registrou mais um caso de tráfico de droga, cujo os acusados, também foram apontados por outros crimes, como corromper ou facilitar a corrupção de menores; droga para o consumo pessoal; e associação  para a prática de tráfico. Os soldados estavam em patrulhamento, pela Vila Monte Castelo, quando visualizaram um indivíduo de bicicleta, saindo de uma residência. Ao notar a presença da equipe policial, demonstrou excesso de nervosismo. Foi realizada abordagem ao homem, sendo ele, de 41 anos, e localizado no bolso de sua calça, uma sacola branca com 12 pedras pequenas de crack, pesando 1,30 grama. No outro bolso, havia um pedaço de maconha pesando, aproximadamente, um grama. O acusado afirmou que havia acabado de comprar o crack das mãos de uma mulher, de 41 anos, e pagou 100,00 reais; ainda que o marido dela, de 21 anos, deu a ele um pedaço de maconha, como brinde pela compra. Os policiais foram até a residência, onde foram abordados o cidadão, de 21 anos, e os dois filhos de sua esposa, a princípio menores, de 17 anos. Questionados sobre a genitora, um dos filhos afirmou que ela havia acabado de sair correndo da casa. Buscas foram feitas, porém até a confecção do boletim, não foi encontrada. Dentro da casa foi encontrado um celular Xiaomi Redmi Note 8 azul, os quais não souberam informar a origem. Havia ainda: furadeira da marca Bosh; um celular Motorola com a foto da mulher acusada;  R$ 34,70 reais em cédulas e moedas e 1,60 grama de maconha. Tudo foi levado para a Delegacia.  O marido negou o crime e o caso será investigado.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA