15/07/2020

Morre o ex-morador de Borrazópolis baleado e esfaqueado em Cambira

                   BRUTAL ASSASSINATO                   
Maurício Serpe Garcia, o "Vermelho", era morador da Vila Roma, em Borrazópolis, mas há cerca de 3 meses estava em Cambira  
Foto de Maurício publicado pelo TN Online
O IML de Apucarana, confirmou, neste dia 15 de julho, de 2020, que faleceu, internada no Hospital da Providência, o jovem baleado e esfaqueado em Cambira.  A família optou pela doação dos órgãos. A morte por ter ligação com  o tráfico de drogas.  SOBRE O CASO- Em Cambira, na Rua João Sanches Salazar,  um jovem de nome Maurício Serpe Garcia, conhecido como "Vermelho", foi baleado durante  churrasco e ficou gravemente ferido. Segundo a família, há cerca de três meses, ele deixou a Vila Roma, em Borrazópolis e foi embora para Cambira. Maurício é parente da família Venâncio.  Era noite de sábado, dia 11 de julho, de 2020, quando ele teve a casa invadida. "A gente fazia o churrasco nos fundos residência e quando ele já apagava a churrasqueira, eu entrei para dentro de casa, mas logo ouvi vários disparos de arma de fogo. Ao voltar para os fundos, onde ocorria a cena do crime, vi um indivíduo magro, encapuzado e batendo com a grelha da churrasqueira em meu filho. Eu retornei para dentro da casa e, em seguida, fui para a parte da frente, quando percebi o filho caído e ferido. Não consegui visualizar por onde o autor evadiu-se", informou a mãe do baleado. No local, a Polícia Militar encontrou o cidadão com lesões na cabeça, ombros e mãos, possivelmente causados por disparo de arma de fogo, bem como dois ferimentos no lado direito do abdômen, aparentado serem causadas por objeto perfurocortante. SAMU e equipe da saúde local, socorreram o homem para o Hospital da Providência em estado grave, mas faleceu. Foi feita a apreensão de alguns objetos que estavam no local, entre eles: uma faca com, aproximadamente, 15 cm de lâmina e cabo de madeira; uma chave de carro de marca não identificada e com chaveiro de Nossa Senhora de Abadia; oito capsulas de munição deflagradas, apresentando serem de calibre 0.22; e uma munição intacta também de 0.22. O caso é investigado.  (Foto do site Paraná Ligado) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA