14/07/2020

ORTIGUEIRA - Empresa terceirizada da Sanepar é alvo de reclamação

Comerciantes reclamam da lentidão das obras, as quais tem causando transtornos ao comércio e aos transeuntes  
     BERIMBALADAS - Encontramos, nas redes sociais, o desabafo de um comerciante, mais precisamente, do proprietário da "Fartura Veículos e Gás", onde o cidadão enaltece os investimentos que o Governo tem feito no município, por meio da Sanepar e sócios, mas que a população tem vivenciado transtornos, por conta da lentidão de uma empresa terceirizada que vem executando a obra. Veja a nota na íntegra: "O governo Ratinho Júnior está investindo muito na Sanepar em nossa cidade, uma grande melhoria e aumento das tubulações etc. Isso vai trazer benefícios futuros a nossa população. Minha indignação e com a empresa terceirizada que pegou o serviço e está tendo seu lucro e recebe certo, mas atrasa na conclusão da obra. Estava ou está com pouca equipe, sem uniforme e identificação. Faz os buracos, estraga calçadas e asfalto e depois não vem ou demora fazer os consertos nas calçadas. E tenho certeza que recebeu para isso. A Sanepar também é conivente, pois tem que fiscalizar assim o Klabin fiscaliza e pune suas empresas contratadas. Hoje liguei em diversos setores da Sanepar e da Terceirizada pelo serviço... Cobrei a regularização. Nossa cidade não pode ficar com estes buracos; a empresa tem que trazer pessoal especializado e concluir o serviço onde danificou para fazer a obra. Está reclamação é pela cidade não só pela frente do meu comércio. Sei que temos que entender o andamento da obra, mais faz quase 10 dias que não aparece ninguém para resolver isso. O piro é que tem buraco e estragos de calçadas pela cidade toda. E. Obra ainda vai longe", diz o comerciante.   Até a publicação desta reportagem, não tínhamos conseguido  com a empresa responsável pela obra.   O setor de fiscalização de obras, da Sanepar, informou que foi verificada a ordem de serviço e o prazo é de 30 dias para recomposição do pavimento, por isso, enquanto não expirar o referido prazo, a Sanepar não pode notificar o empreiteiro.  "Pedimos a compreensão porque após concluída a obra será em benefício de toda a população de Ortigueira", diz a empresa de Saneamento. O comerciante, que fez a denúncia,  solicitou então, a Sanepar, que informe qual a data de vencimento dos 30 dias, para que os cidadãos possam ajudar na fiscalização. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA