sábado, 6 de janeiro de 2018

CAMBIRA - Prefeito Toledo é denunciado no Ministério Público

                        DENÚNCIA                           
Acusado de fraude em licitação, o prefeito de Cambira - PR, senhor Emerson Toledo Pires é denunciado no MP de Apucarana

       Nossa reportagem recebeu  denúncia que acusa o prefeito de Cambira, Emerson Toledo Pires, do PROS, de fraude em licitação supostamente cometida em 2017, seu primeiro ano de governo. Ao investigar o caso, apuramos que o chefe do poder executivo, contratou uma empresa, em Apucarana, com dispensa de licitação, para fazer a lavagem do calçadão. O valor investido foi de R$5.900,00, mas o detalhe que chama atenção, é que, segundo o denunciante, Toledo teria utilizado os próprios funcionários da prefeitura para realizar o serviço. Outro detalhe, que segundo a denúncia, é estranho, é que a  empresa contratada, trata-se de Lava Car, identificado por Mareze Junior ME, de Apucarana. A documentação, com a denúncia será entregue ao Ministério Público, com pedido de que as suspeitas sejam devidamente apuradas. Tentamos contato com a empresa de Apucarana, pelo fone que esta disponível na internet (43) 3033-6355, mas não conseguimos contato. Após a publicação da reportagem, uma pessoa ligou, dizendo ser representante e que a acusação é infundada e que seus autores serão responsabilizados.  OUTRA DENÚNCIA - Uma segunda denúncia, esta já formalizada até o ato da publicação desta reportagem,  também contra a administração do prefeito Toledo.  Segundo informações, em Outubro, de 2017,  a autoridade máxima do município,  lançou uma licitação e contratou equipamentos, de  uma empresa de Apucarana, por 95 mil reais, para realização da Festa do Município.  Quatorze dias depois, o prefeito teria contratado a mesma empresa, em segunda licitação com o mesmo objeto e  com os mesmos equipamentos,  por cerca de 40 mil reais.  Há informações que a vencedora da licitação seria de um parente do prefeito (primo), detalhe que não conseguimos confirmar oficialmente.  O denunciante ainda afirma que as barracas e equipamentos usados na Festa, foram de uma outra empresa de Jandaia do Sul e não da vencedora.  Todos os documentos já foram entregues ao Ministério Público, que ainda não se pronunciou.  REPOSTA - Depois da publicação nossa reportagem conseguimos falar com o prefeito. Ele negou qualquer tipo de irregularidade e disse:"Denúncias infundadas. A administração pública é levada a sério agora em Cambira. Alguns se aproveitavam da Prefeitura para interesse pessoal, barganha e no nosso mandato isso acabou".  Toledo não respondeu espetrificadamente cada uma das acusações, disse apenas que seu jurídico vai no MP verificar se estes fatos ou essas acusações existem, porque o município ainda não foi notificado.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário