domingo, 28 de janeiro de 2018

GIRO - Ivaiporã, Borrazópolis, Grandes Rios, Rio Branco e Apucarana

IVAIPORÃ - Furto em residência e facadas. BORRAZÓPOLIS - Violência doméstica, tentativa de furto, danos e confusão. GRANDES RIOS - Furto e menor de Jandaia localizada na zona rural. RIO BRANCO - Furto e APUCARANA - Roubo 
IVAIPORÃ - Em Ivaiporã, no dia 27 de janeiro, na Rua Álvares de Azevedo, n º660, uma mulher de 45 anos, disse que foi furtado, de sua casa, um celular da marca LG. Pistas levaram a PM até uma moça de nome Pâmela, a qual informou que tinha vendido o aparelho por oitenta reais, a um tal de "Tião Galinha", Morador da Vila Monte Castelo. Foi feito patrulhamento, mas o suposto comprador não foi encontrado. O caso seria encaminhado para a Polícia Civil. Por telefone, os acusados negaram cometimento de crimes. FACADAS - Ainda em Ivaiporã, no dia 27 de janeiro, na Rua Valentim Talarico, número 730, um homem de 57 anos, acusou a mulher, Francisca da Silva Bezerra, de estar com o mesmo em um bar, mas quando chegaram em casa, ele deitou no sofá, momento que a acusada pegou uma faca e foi para cima dele. Ela quebrou vários utensílios doméstico, mas ele conseguiu tomar a faca sofrendo apenas um ferimento na mão.
BORRAZÓPOLIS - Em Borrazópolis, foram quatro ocorrências de 27 para 28 de janeiro, a começar pela Rua Pará, onde uma mulher de 18 anos, disse que seu marido de 20 anos, a agrediu com chutes, socos e danificou móveis. O autor foi localizado na Rodovia, próximo a Mayandra Madeiras. Ele negou os fatos, mas foi conduzido. FURTO - Na Rua Basílio Codognhoto, 74, Bairro Vila Verde, uma mulher disse que estava na casa dos vizinhos, às 23 horas, de 27 de janeiro, quando ouviu seu alarme disparado. Ela correu até o local e encontrou os vidros de uma janela danificado e o relógio de energia desligado. Nada foi levado. DANOS - Denúncias informaram que na Avenida Brasil, havia dois jovens chutando portas de comércio, danificando placas e provocando algazarras. Com a chegada da PM, um fugiu, mas o segundo foi localizado na Rua José Naline. Ele tem 19 anos, e foi conduzido até a delegacia. CONFUSÃO - No dia 28 de janeiro, início da madrugada, no Bar do Zico, a Sirlene Aparecida Neto, de 35 anos, informou os soldados Dario e Ivan, que foi ameaçada por um jovem de 19 anos, mas ao final, não representou.
GRANDES RIOS - Em Grandes Rios, no dia 27 de janeiro, na Rua Paulino Franzoi 221, os soldados Arthur e Zamariola, foram acionados por uma mulher de 70 anos, a qual relatou que a proprietária da residência saiu para viajar e pediu para cuidar da casa. Relatou ainda que observava o imóvel somente durante o período diurno e que, no período noturno, quem cuidava era um homem. O detalhe é que a porta foi arrombada e do interior, notou que apenas um notebook de cor branca teria sido furtado, mas tudo estava revirado. MENOR - Uma menor de 16 anos, de Jandaia do Sul, foi encontrada, por sua família, em um Sítio no Bairro Serra do Arreio. Segundo os pais, ela fugiu com o namorado, de 24 anos, que é colhedor de café na propriedade. Com a chegada da PM e Conselheiros Tutelares, a moça arrumou as malas e voltou com a família. O caso é investigado e as devidas providências seriam tomadas. 
RIO BRANCO DO IVAÍ - Em Rio Branco, no dia 28 de janeiro, no Sítio Bom Retiro, um homem de 82 anos, relatou ao soldado Locateli,  que, por volta das 00:30 horas, ao chegar em sua residência, visualizou que a mesma estava com portas abertas e janela arrombada. Utensílios da casa estavam todos fora de ordem. Foi levada uma motosserra e outros detalhes eram apurados. 
APUCARANA - Em Apucarana, no dia 27 de janeiro, às 22 horas, Rua do Colégio, Sorveteria K. Delícia, Vila do Colégio, uma mulher disse que dois bandidos, ambos armados de revolveres, entraram no estabelecimento e com ameaças levaram certa quantia em dinheiro. Relata ainda que um deles estava com uma blusa preta e nas costas havia uma caveira estampada. O outro usava moletom vermelho com capuz, ambos evadiram-se correndo rumo a linha férrea

Nenhum comentário:

Postar um comentário