29/08/2013

Crime - MAUÁ DA SERRA: "Roubo e mortes em Mauá"

(MAIS DETALHES)
  Bandidos assaltam Sicredi e em seguida confrontam com a Polícia resultando em três mortos: dois ladrões e um Policial
 
NO VÍDEO - Uma das participações do Berimbau e fala do delegado e de um dos ladrões 

Uma tarde marcada pela violência em Mauá da Serra. Tudo começou por volta do meio dia quando quatro bandidos armados invadiram a agência da Cooperativa Sicredi. Para ter acesso a agência, um deles depositou um pacote no guarda objetos, entrou pela porta giratória. Em seguida anunciou o roubo possibilitando a entrada de mais um bandido. Na saída, atiraram na porta de vidro. Os assaltantes levaram dinheiro e a arma do vigia, um revólver calibre 38. Enquanto o cerco era fechado e os destacamentos da região e a Rotam de Apucarana deslocavam para Mauá, os criminosos foram até o conjunto Sidraque e invadiram a casa de um senhor. "Eles chegaram e pediram para que eu abrisse a casa e o portão. Eu disse que não podia me envolver com isso, mas eles me ameaçaram de morte, e ficaram dentro da minha residência", disse o morador em entrevista a Rádio Nova Era e ao Berimbau que foi ao local. O morador revelou ainda que era compadre de um dos meliantes, conhecido por "Bentinho" e que já morou na região de Apucarana, tendo inclusive uma casa em Mauá da Serra. 
Aimoré lamentou a morte do Policial
A Polícia foi colhendo informações, e cerca de 40 minutos depois, descobriu o esconderijo. Houve troca de tiros, e dois policiais: Douglas Fraga, da Rotam de Apucarana, e o sargento Anderson Joani,  35 anos, que tem família em Cambira, mas morava em Apucarana, foram baleados. Fraga com tiros na perna, e Joani, que comandava o destacamento de Mauá,  com um disparo no abdômen. O último não resistiu e morreu. Além dele, dois bandidos Bento Pereira Junior, 45 anos, e Caio Vieira da Silva, 23 anos, foram mortos dentro da casa. "Betinho, como era conhecido, seria filho de um ex- Policial Militar. Também na residência, foi preso um elemento de nome Bruno Batista Colovati, 26 anos,: "Eu sou de Curitiba, caí nesta de laranja, estava apenas dirigindo o carro, não sabia que era um roubo", disse o detido em entrevista.
Credito:
Foto publicada pelo Site do Jornal Tribuna do norte
 Um quarto ladrão fugiu num carro que seria um gol vermelho com placas de São José dos Pinhais. A Polícia apreendeu armas, como pistola, e revólveres, um deles, roubado do vigia do Banco. Em entrevista a Rádio Nova Era e a outros órgãos de imprensa, o Delegado Dr. Gustavo Dante da Silva, de Marilândia do Sul, que responde por Mauá, detalhou a ação da quadrilha, e lamentou o episódio ocorrido com os PMs. Parte do dinheiro roubado, estava no bolso de um dos ladrões que tombou morto. Eles eram de Curitiba e teria combinado o roubo num churrasco em uma chácara de Mauá da Serra. Além de diversas viaturas, dezenas de Policiais, helicóptero do Graer, foi utilizado na operação de busca e salvamento dos PMs feridos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA