terça-feira, 6 de março de 2018

CRUZMALTINA - Prefeita de Cruzmaltina corta gratificação de servidores

Atendendo recomendação do Ministério Público, que foi provocado por denúncias da oposição, prefeita Luciana cortou gratificações e vai demitir servidores 
No dia 05 de março, de 2018, a prefeitura Luciana Bueno, do PSDB, de Cruzmaltina, realizou uma reunião com servidores para anunciar uma medida polêmica, que foi o corte nas gratificações de todos os servidores. Luciana também está eliminando a disfunção e vai reduzir o número de comissionados, inclusive, algumas secretarias municipais serão unificadas, pois foram denunciadas como sem importância. Alguns servidores ficaram inconformados e culparam vereadores de oposição pela redução nos salários. A prefeita lamentou tudo o que está ocorrendo, mas disse que vai seguir todas as recomendações administrativas que estão sendo propostas pelo Ministério Público. Recentemente, ela falou a nossa reportagem sobre as denúncias, dizendo que estava triste porque algumas pessoas que, ao invés de ajudar o município, dedicam todo o seu tempo para promover uma onda de denuncismo e prejudicam o andamento da administração municipal. "Os denunciantes, sabem que todos os servidores estão realizando o seu trabalho e que são pessoas dignas do que recebem", disse ela ao Blog do Berimbau.  As novas medidas serão anunciadas em breve. OUTROS MUNICÍPIOS - E por faltar em corte de gratificação, outros municípios, também adotaram a mesma medida, entre eles, está Borrazópolis, que tomou decisão para promover o corte de gastos e se adequar a lei, pois a prefeitura estava extrapolando o limite de gastos com servidores. Rio Bom, município vizinho de Apucarana, também cortou as gratificações, e pelo menos mais cinco prefeitura da região, estariam seguindo o mesmo caminho. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário