sábado, 17 de março de 2018

IVAIPORÃ - Alguns furtos, agressões e confusão registrados pela PM

Em um comércio,  rapaz furtou dinheiro e foi preso. Mas houve ainda furto em residência e em Hospital. Na Lanchonete Tio Sam, namorados foram agredidos e houve também um incidente envolvendo cavalos
        A Polícia Militar de Ivaiporã, registrou vários furtos entre 16 e 17 de março, de 2018, assim como também ocorrências de lesão corporal e outros delitos. FURTO - Entre os furtos, o mais importante aconteceu na Av. Minas Gerais, às 02 horas, da madrugada de sábado. Em um estabelecimento comercial foi detido um jovem de nome Cristóvão. O comerciante de 28 anos, disse que contava o dinheiro para guardar no caixa, quando o autor, passando-se por cliente, pediu uma bebida. Enquanto a vítima pegava, ele furtou a quantia de R$ 500,00 reais, que estava embaixo de um papel. Pelas câmeras de segurança, o meliante foi identificado, sendo que minutos depois, ele ainda teve a cara de pau e voltar no estabelecimento e foi contido pelo solicitante e alguns amigos. O rapaz negou o crime, inicialmente, mas na delegacia, confessou e tinha, em seu bolso, 112,00 reais em espécie. No dia 16 de março, também houve furto na Av. Castelo Branco, onde uma mulher disseque estava fazendo a limpeza do Hospital, quando um rapaz 20 anos, pediu para usar o banheiro. Logo saiu correndo com o capacete da vítima, marca Pilsen de cor preta que estava próximo ao local. Furto também no dia 16 de março, na Rua 62, onde uma mulher de 81 aos, saiu de casa, e, ao voltar, notou que a casa estava revirada e que levaram R$ 1.500,00 e um toca CD automotivo. AGRESSÃO - No dia 16 de março, às 23 horas, na Av. Minas Gerais, em frente a Lanchonete Tio Sam, uma mulher de 23 anos, afirmou que estava com seu namorado, quando um indivíduo de nome M. H. C. chegou com mais dois indivíduos e começaram os agredir. A solicitante relata que possui um processo contra o agressor pelo crime de estupro. Logo após as agressões, o acusado teria saído com um veículo  branco. O acusado negou agressões e negou as acusações que consta no suposto processo. Na Avenida Maranhão, no início da madrugada de 17 de março, um homem de 32 anos, disse que brigou com seu enteado, e que levou dua facadas, uma na mão e outra no tórax. CONFUSÃO - Em Ivaiporã, também ocorreu uma confusão na Av. Paraíba com a Av. Minas Gerais, onde um jovem de 23 anos, disse que duas pessoas, cada um com um cavalo, bateram em seu carro e danificaram. Também os acusou de fugir. Buscas foram feitas e encontrado um menor a cavalo, o qual disse que foi seu amigo, um rapaz que ele chama de "Dominguinhos", o qual não foi localizado.