sexta-feira, 14 de setembro de 2018

CÂNDIDO DE ABREU - POLÊMICA

"Instituição de ensino, com melhor IDEB,  pode fechar as portas  por descuido do poder executivo municipal", diz nota enviada ao Blog do Berimbau. Prefeito contesta a informação e diz que a polêmica não existe
 BERIMBALADAS              O Blog do Berimbau recebeu informações que a comunidade escolar está preocupadíssima, em Cândido de Abreu, com a situação em que se encontra a Escola Élio Marques. A princípio o prédio está está um caos, ou seja: salas interditadas por causa do início de reforma, há meses e sem previsão de conclusão. Também foi informado que as autoridades competentes estão cientes do problema, mas parecem alheias ao compromisso de concretizarem a revitalização. Provavelmente para o próximo ano, alunos e funcionários estarão à deriva, pois se e a escola não for reformada e nem encontrar-se em dia com os requisitos de funcionamento, será interditada. "Lamentável ter uma escola com a melhor nota no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), alcançando 7,0, sendo que o esperado para o ano de 2017 era de 5,6, segundo as projeções governamentais, passar atualmente por sérios problemas físicos de funcionamento. Faz se necessário a ação urgente de todos que possam, de uma forma ou outra, mudar essa situação", diz a nota. RESPOSTA - O Prefeito Junior Reis, disse a nossa reportagem que  a Escola foi construída por um ex-prefeito, sendo que outro prefeito a assumir, fez uma reforma e ampliou mais 4 salas, sendo que na gestão atual, a referida ampliação,  apresentou rachaduras e havia perigo de desabar.  Por isso, as crianças foram retiradas imediatamente  alocadas para outras três salas.  "Rapidamente pedi para que a engenharia fizesse o projeto, foi preciso vir um técnico de fora para avaliar e evitar que toda a estrutura fosse comprometida e não fosse perdida.  Iríamos fazer uma licitação, mas devido a urgência da obra e a necessidade de finalizar o projeto, pedimos uma dispensa de licitação e a comunidade escolar pode ficar tranquila porque vamos finalizar a tempo para que possamos abrir matrículas", disse o prefeito. Ele afirmou também que o Colégio, a parte antiga,  está funcionando normalmente e somente quatro salas estão interditadas e que ele mesmo, o prefeito, já se reuniu com a comunidade escolar e já explicou tudo o que está ocorrendo.  "A bem da verdade, tudo está transcorrendo dentro da normalidade, não existe esta preocupação desesperada como narra a nota publicada, mas estamos em época de eleição e esse tipo de  notícia acaba sendo comum, talvez no sentido de tentar nos prejudicar", finalizou Junior Reis. Ele também parabenizou a escola pelo resultado no IDEB, revelando a qualidade do ensino no município, o que é uma notícia mais que positiva.