terça-feira, 4 de setembro de 2018

CONTRABANDO - Kombi que saiu de Faxinal é apreendida em Ortigueira

Após tentativa de assalto a Caminhão e  Kombi, na BR 376, a Polícia Militar apreendeu uma carga de cigarros contrabandeados 

              Uma tentativa de assalto a veículos que trafegavam pela Rodovia BR 376, em Ortigueira, resultou na apreensão de uma Kombi, que saiu de Faxinal carregada com cigarros, supostamente contrabandeados do Paraguai. A carga seria levada para a cidade de Telêmaco Borba, segundo declarou o próprio motorista. A ocorrência começou por volta das 20 horas, da noite de segunda-feira, dia 03 de setembro, de 2018, quando a Polícia Militar foi informada, via 190, por um caminhoneiro, que seu caminhão havia sofrido uma tentativa de assalto. Disse que também que os meliantes, fortemente armados, estavam em um Volkswagen Gol, de de cor branca e que os ocupantes dispararam tiros para o alto, com o intuito de parar o veículo de carga e levar os materiais agropecuários que ele transportava. Para evitar o crime, a vítima entrou no pátio de um restaurante. Em seu relato,  afirmou ainda que também viu uma Kombi branca, que parecia estar envolvida na situação . Pouco depois, chegaram informações que a referida Kombi, com marcas de bala pela lataria, havia furado a cancela da Praça de Pedágio, mas que os segurança conseguiram parar o veículo. Ao chegar no local, o motorista, que realmente era vítima de tentativa de roubo, acabou sendo acusado de um outro crime, que é o transporte de cigarros contrabandeados do Paraguai. "Ele relatou que seu veículo, com cigarros, havia sido carregado em Faxinal, e que estava levando os produtos para Telêmaco Borba, quando do referido Gol, que já estava o seguindo há algum tempo na rodovia, indivíduos dispararam os tiros. Também afirmou que após a tentativa frustrada, os bandidos fugiram pela mesma Rodovia. Com a Kombi e Condutor, foi verificada a situação e não havia nada de irregular, mas a carga deu um total de 62 caixas fechadas, com 50 maços cada uma, mais 814 maços soltos, sendo tudo levado para a Polícia Federal em Ponta Grossa", informou a Companhia de Ortigueira, que tem como comandante o Tenente Allan Bassaco Sacchelli.