quarta-feira, 12 de setembro de 2018

DENÚNCIA - RODOVIAS ESBURACADAS

Rodovias na região de Borrazópolis  e de Mauá da Serra a Ivaiporã estão esburacadas. Enquanto isso, supostos esquemas de corrupção milionários consomem os impostos que pagamos 
       Assista o vídeo com reportagem completa     

BERIMBALADAS   Motoristas que trafegam na rodovia PR 453, entre Borrazópolis e Cruzmaltina, entroncamento com a PR 272, ou sentido Novo Itacolomi e Apucarana,  Rodovia PR 170,  e ainda no trecho Mauá da Serra a Ivaiporã, rodovias  PR 272 e PR 466, tem se deparado com o asfalto em condições precárias.   É muito comum encontrar carros danificados na beira da pista por causa dos buracos e de verdadeiras valetas que estão se formando.  "Você está dirigindo com todo cuidado, mesmo assim acaba caindo em panelas  provocando danos e perigo de acidentes", disse um motorista de Borrazópolis, que falou a reportagem. Um caminhoneiro, dono de um Mercado, que utiliza a PR 272 toda semana, entre Mauá e Lidianópolis, afirmou que é uma vergonha ter que trafegar em rodovias que não oferecem condições de trafegabilidade.  Ao comentar as reclamações, o radialista Ronaldo Senes, o "Berimbau", informou que desde 2017, o governador Berto Richa, e seu irmão Pepe Richa, da secretária de infraestrutura, eram cobrados pela Blog do Berimbau e Rádio Nova Era, mas sempre informavam que a obra estava autorizada e que em 30 dias, iria acontecer. O fato é que eles deixaram o governo em 2018, e nada aconteceu. Para ser justo, até começou uma obra de recape na região de Cruzmaltina a Mauá, mas logo parou e o serviço feito já está sendo perdido. Por outro lado, "pipocam" notícias de supostos milionários desvios justamente envolvendo o  ex-secretário de infraestrutura que foi preso pelo Gaeco.  Enquanto isso, a rodovia segue esburacada e sem perspectiva de revitalização.  Na Rodovia do Milho, tão logo foram feitas melhorias, há cerca de dois anos, denunciamos que em locais novos, os buracos estavam aparecendo, antes mesmo da inauguração, mas o DER autorizou e pagou as  benfeitorias, sendo que novamente a pista já está precisando de reparos.  Assista o vídeo produzido por Ronaldo Senes e Sérgio Oliveira e saiba um pouco mais.  Quem quiser fazer algum relato ou postar seu comentário, faça isso na matéria para que possamos juntos, expressar a nossa  indignação.  Outra observação: Existe vários trechos na região Vale do Ivaí, Central e Campos Gerais, na mesma condição; com um detalhe:  se em véspera de eleição as vias estão assim, imagine quando esse período passar... ESTAMOS DE OLHO..