quinta-feira, 6 de setembro de 2018

ESFAQUEADO - Bolsonaro esfaqueado foi a principal notícia do dia 06/09

                             URGENTE                             
O presidenciável estava fazendo campanha em Minas Gerais quando foi atacado e recebeu uma facada no abdômen
Suspeito 
              A notícia repercutiu até na imprensa internacional. Era tarde deste dia 06 de setembro, de 2018, quando começaram a chegar informações de que um homem, identificado por Adélio Bispo dos Santos, havia esfaqueou Jair Bolsonaro. Ele fazia um ato de campanha, quando foi interrompido, em Juiz de Fora (MG), após um tumulto generalizado. Logo a Polícia Militar de Minas Gerais e vídeos confirmaram o fato, ou seja, o presidenciável foi esfaqueado. GRAVIDADE - As primeiras informações era de ferimentos leves, depois chegaram notícia, como a divulgada pela Agência Brasil, de que o candidato foi operado e estava sendo monitorado. Ele passou por procedimento com uma equipe de 10 médicos na Santa Casa de Juiz de Fora. No Twitter, o filho de Jair Bolsonaro, Flávio Bolsonaro, afirmou que o episódio "infelizmente foi mais grave do que esperávamos". Ele deu informações acerca da extensão do dano e dos órgãos atingidos. "A perfuração atingiu parte do fígado, do pulmão e da alça do intestino. Perdeu muito sangue, chegou ao hospital com pressão de 10/3", relatou. Flávio Bolsonaro disse que o estado de saúde do pai "parece estabilizado". O autor do ataque foi preso e a Polícia Federal, responsável pela segurança do candidato, abriu inquérito para investigar o caso. Bolsonaro lidera as pesquisas de opinião divulgadas após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter rejeitado a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Segundo o Ibope, ele tem 22% das intenções de voto. O acusado, afirmou que cometeu o crime por ter divergências de ideia com o político.   Algumas fotos foram publicadas do homem com um cartaz de  "Fora Temer" e informando que ele seria comunista.