quarta-feira, 19 de setembro de 2018

LUNARDELLI - BANDIDO MORRE EM ASSALTO

Mais detalhes do assalto praticado em Lunardelli. No confronto, um dos acusados morreu ao trocar tiros com a Polícia Militar. Outros dois foram presos no dia e mais um  em 21 de setembro 

                  Um roubo praticado na zona rural do município de Lunardelli, terminou em um meliante morto, dois detidos e a quadrilha inteira identificada, em um excelente trabalho realizado pela equipe do Sargento Lopes, que é o comandante do Destacamento de Lunardellli e também pela 6ª Companhia Independente de Ivaiporã, que foi acionada para mandar reforço e através do COPOM - Central de Operações Policias Militares, fez o cerco aos marginais. A ocorrência começou no início da noite de terça-feira, dia 18 de setembro, de 2018, quando cinco marginais invadiram a chácara São José e fizeram a família Costamagna refém. Um detalhe que foi importante na prisão dos bandidos, é que eles não perceberam que uma das vítimas conseguiu fugir. O homem saiu a pé até chegar na Rodovia, a PR 082, onde pegou carona com uma pessoa de nome Emerson, e acionou a Polícia Militar, informando sobre o crime. Imediatamente a equipe de Lunardelli foi para o local, mas já solicitando apoio da Companhia de Ivaiporã e revelando que a família possui um Corolla e uma Saveiro, veículos que poderiam serem utilizado para fuga. “Quando a equipe de reforço passava pelo Distrito de Pouso, perto do local do crime, cruzamos com uma Saveiro com as características repassadas. Avistamos o momento em que um indivíduo desceu do carro e foi até em frente a um portão, ao lado da casa do “Elefantinho", que tem várias passagens. Realizada a abordagem e era Luiz Felipe da Silva, foragido da cadeia de Ivaiporã, que estava com um revolver calibre .38, com 06 munições. Ele confessou participação no crime e denunciou os demais participantes: Tiago Baltazar da Costa, o "Thiago Mulambo"; Elton Simão Silva, o "Zoio", Carlos Augusto Marinho, o "Preto";  André Luiz Barbato de Souza, o “Urso”, e possivelmente outras pessoas”, informou o boletim da PM ao Blog do Berimbau e Rádio Nova Era. Em seguida, os Destacamentos de Lunardelli, Jardim Alegre, São João do Ivaí e o soldado Reginaldo, que estava de folga, cercaram a propriedade, onde foram recebidos a bala. Houve troca de tiros, momento em que alguns dos assaltantes correram para uma plantação de trigo; sendo feio o acompanhamento a pé, até que um deles, o André Barbato, o “Urso”, novamente reagiu com a arma em punho e, no confronto, entrou em óbito. Com a chegada da Polícia Civil, foi encontrado junto ao corpo, um revolver .38 com seis munições, duas deflagradas, dinheiro, uma touca ninja, outros objetos e uma mochila que havia dispensada no caminho com vestuários e celular. Durante a ação,  o preso Luiz Felipe, que foi o primeiro a ser detido, delatou a participação de mais quatro pessoas, entre elas o João Carlos da Silva, conhecido como "Elefantinho”, o qual foi detido, em seguida, no Pouso Alegre, e também Vinícius Andre Rodrigues Fortunado, que foi preso em 21 de setembro, de 2018. Clique aqui para rever esta prisão. Em contato com as vítimas, elas informaram que o “Urso”, chegou na residência com duas armas e que, durante a ação, ele se desentendeu com Luiz Felipe, sendo que um tiro chegou a ser disparado, mas ninguém se feriu. Todas as providências foram tomadas e a Polícia fechou o cerco na região para tentar prender os demais envolvidos no crime. Os citados que não foram presos, até a publicação desta reportagem, não conseguimos contato com sua defesas para saber sua versões sobre a acusação. (Texto de Ronaldo Senes, o "Berimbau).