segunda-feira, 10 de setembro de 2018

POLÊMICA - Alep marca audiência em Lidianópolis para debater PCHs


Presidente da Assembleia Legislativa do Paraná fará audiência pública no Porto Ubá para discutir liberação de Usinas Hidrelétricas no Rio Ivaí 
           A sexta-feira, dia 14 de setembro, de 2018, deverá ser movimentada no Distrito do Porto Ubá, município de Lidianópolis. O motivo é que o local será palco de uma audiência pública, para debater projeto do poder executivo (Lei 403/18) que aprova a construção de empreendimentos hidrelétricos ao longo do Rio Ivaí, e que específica a CGH - Perbone e PCH Boa Vista II; um deles com estudos mais avançados para ser edificado entre Jardim Alegre e Grandes Rios. Em nota, as Colônia de Pescadores, cujo a maioria dos integrantes é contra, emitiu convite para que todos participem e colaborem com a luta para evitar o que seria um desastre ao meio ambiente: "Convidamos todos os Pescadores e a comunidade em geral, para participar da audiência pública, que será realizada nas dependências da quadra de esporte no Distrito de Porto Ubá, município de Lidianópolis. Será em 14 de setembro, de 2018, das 19h30 às 21h30, tem como tema central a implantação de novas CGHs e PCHs e seu impactos nos Rio Ivaí, Piquiri e seu afluentes", diz o convite assinado por Andre Faian Delfino; diretor presidente da Associação de Pescadores; Valdir Batista, presidente e Marildo Oliveira, coordenador geral da Patrulha Ambiental, que é um grupo de pescadores voluntários. Na região, com apoio do Ministério Público, já foram realizadas diversas reuniões e até um seminário ocorrido na própria localidade do Porto Ubá, todos com movimentos que querem impedir a edificação afirmando que ela promove danos ao meio ambiente, não gera os sonhados empregos, transforma o rio de água doce em lago e dá mais prejuízos do que lucros aos municípios. Já os empreendedores, negam que seria uma atraso e falam em avanço e desenvolvimento.