terça-feira, 11 de setembro de 2018

URGENTE - Ex-governador Richa, mulher, irmão e outros são presos


           (G1) O ex-governador do Paraná Beto Richa, candidato ao Senado pelo PSDB, foi preso na manhã desta terça-feira pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em Curitiba, no Paraná. Beto Richa é alvo de duas operações: uma realizada pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR), pela qual foi preso, e outra da Polícia Federal (PF), em uma nova fase da Lava Jato. Na 53ª etapa da Lava Jato, a casa de Beto Richa foi alvo de mandado de busca e apreensão. A defesa de Beto Richa informou, por meio de nota que, até agora não sabe qual a razão das ordens judiciais e que ainda não teve acesso à investigação. "Ele está muito bem, aguardando sereno. Sempre se dispôs a prestar qualquer esclarecimento à Justiça e também ao Gaeco. Não há razão para esse procedimento, inclusive, especialmente em período pré-eleitoral", afirmou a advogada do ex-governador, Antônia lélia. Ela disse que estava ajuizando, um habeas corpus. LISTA DOS MANDADOS DE PRISÃO: Fernanda Richa (presa)– esposa de Beto Richa e ex-secretária da Família e Desenvolvimento Social; Deonilson Roldo (preso) – ex-chefe de gabinete do ex-governador; Pepe Richa (preso) – irmão de Beto Richa e ex-secretário de Infraestrutura; Ezequias Moreira (preso)– ex-secretário de cerimonial de Beto Richa; Luiz Abib Antoun (preso) – parente do ex-governador; Edson Casagrande – ex-secretário de Assuntos Estratégicos; Celso Frare (preso) – empresário da Ouro Verde; Aldair W. Petry (preso); Dirceu Pupo (preso) – contador; Joel Malucelli – empresário J.Malucelli; Emerson Savanhago (preso) – empresário; Robinson Savanhago (preso) – empresário; Túlio Bandeira (preso) – advogado e  André Felipe Bandeira. Clique aqui para ver mais detalhes no G1