terça-feira, 18 de setembro de 2018

VIOLÊNCIA - ORTIGUEIRA e RESERVA

Bandidos aterrorizaram  a região de Ortigueira e Reserva, nos Campos Gerais.  Durante confronto, um dos suspeito morreu ao trocar tiros com a Polícia Militar 
                             CONFRONTO                          
     O dia 17 de setembro, de 2018, no período da tarde, segunda-feira, foi marcado por roubo, em Ortigueira, crime que terminou com o veículo incendiado, na zona rural e em um meliante morto, após confronto com a PM, no Bairro Leonardos, que fica já no município de Reserva. A quadrilha foi acusada de aterrorizar a região. A ocorrência começou quando a Pm foi informada, via 190, que três indivíduos armados, em uma Tucson preta, realizaram roubo de um veículo Fiat Pálio de cor branca, que pertence a um cidadão de nome Nilson. A fuga foi sentido Bairro Monjolinho, mas com o acompanhamento tático da PM, decidiram abandonar o Pálio, o qual foi incendiado pela quadrilha, que continuou fugindo pelas estradas rurais até cruzar a divisa com Reserva. Como a Polícia Militar do Destacamento vizinho também havia sido acionada, cruzou com os meliantes, em alta velocidade, em uma Tucson e uma Honda CG 150, trafegando pela estrada do Bairro dos Leonardos. A viatura teve que desviar para não acontecer a batida, momento em que os policiais iniciaram o acompanhamento aos suspeitos. Entre a localidade do Rio Novo e Faxinal Fino, os suspeitos foram perdidos de vista, mas próximo a uma Igreja Católica, da comunidade, novamente foi visualizada a Moto, momento em que o condutor, ainda em fuga, conseguiu virar e efetuar um disparo contra viatura; houve o revide, mas ninguém se feriu. Um quilômetro a frente, no cruzamento do Bairro Faxinal Fino com a Barrinha, o piloto da moto perdeu o equilíbrio e caiu. Ele ainda continuou a pé, e, ao ser alcançado, novamente disparou um tiro, momento em que foi alvejado e entrou em óbito. Ele tinha uma tatuagem no peito com a inscrição "Neguinho", sendo possível sua identificação como sendo a pessoa de Juliano dos Santos de Carvalho. Junto ao corpo, um revólver e três munições cal. 38 intactas e uma deflagrada. Os soldados de plantão, foram para um local seguro e pediram reforço. Logo apareceu um cidadão, dizendo que havia sido vítima de roubo pelos marginais e que vários objetos foram levados na Tucson, a qual foi encontrada abandonada. Em seu interior havia vários objetos roubados. Ainda foram ouvidos tiros de espingarda 12 e revólver em uma mata fechada, mas nenhum dos fujões foi localizado. Antes do encerramento da ocorrência, outras pessoas procuraram a Polícia, dizendo que foram vítimas do bando, uma delas contou que na Estrada do Barreiro dos Crentes, sentido José Lacerda, eles pararam o seu carro, uma Fiat/ Strada, placas AWL-1737, de cor prata, da empresa Braslumber, a qual foi roubada com objetos pessoais e da referida empresa, mas o carro foi abandonado logo em seguida, por apresentar problemas mecânicos. Todas as informações foram encaminhadas a Polícia Civil. 

ROLAGEM INFINITA